Créditos: Direitos Reservados

Sporting CP, 36 – AD Sanjoanense/Delba, 22

Jogo no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Árbitros: André Gameiro e Renato Marques.

Sporting CP: Pedro Valdés (3), Théo Clarac (2), Carlos Ruesga (1), Frankis Carol (5), Aljosa Cudic, Tiago Rocha (2), Francisco Tavares (5), Salvador Salvador (4), Manuel Gaspar, Arnaud Bingo (6), Jens Schongarth (1), Nuno Roque, Darko Dukik (4), António Machado (2), Joel Ribeiro (1), Nilton Melo.

Treinador: Rui Silva.

placardGuilherme Novo (1), Francisco Silva (2), Miguel Cortinhas (5), Gonçalo Fernandes, Lucas Santana, Tiago Antunes, Orlando Correia (1), Guilherme Silva, Bruno Pinho (1), David Ferreira, António Devile, Jefferson Bastos (1), Vinícios Carvalho (11).

Treinador: Nuno Silva.

Ao intervalo: 14-10.

A Sanjoanense sofreu, no passado dia 10 de novembro, uma pesada derrota na deslocação a Lisboa perdendo frente ao Sporting por 14 golos de diferença.

Num jogo praticamente de sentido único, frente ao atual líder do campeonato, os homens de Nuno Silva ainda mantiveram algum equilíbrio nos instantes iniciais, mas depois de Pedro Valdés abrir o ativo a formação leonina foi-se distanciando no marcador e aos 10 minutos vencia por 5-0, altura em que os alvinegros, que se deparavam com grandes dificuldades para ultrapassar o bloco defensivo dos locais, reduzem por intermédio de Miguel Cortinhas.

Com um ataque consistente, os leões ampliaram ainda mais a vantagem e aos 12 minutos o marcador registava 7-1, mas a Sanjoanense conseguiu reagir e aos poucos foi encurtando a diferença, que chegou a ser de dois golos, com um forte contributo do melhor marcador do encontro Vinícios Carvalho.

Ao intervalo o Sporting vencia por 14-10, resultado que permitia ao conjunto orientado por Rui Silva entrar na segunda parte com alguma tranquilidade. E foi isso que aconteceu nos 30 minutos complementares. A formação de Alvalade entrou motivada e com um ataque eficaz em oito minutos já havia cavado um fosso de sete golos (21-14), diferença que o Sporting cimentou nos instantes seguintes com um parcial de 7-0, levando o marcador aos 28-14, que permitiu aos locais entrarem na última fase da partida com uma vantagem bastante confortável.

Até ao final do encontro o conjunto leonino manteve o domínio e a distância no marcador.

Destaque para o atleta alvinegro Vinícios Carvalho, ao apontar 11 golos, metade dos conseguidos pela Sanjoanense. Do lado do Sporting o melhor marcador foi Arnaud Bingo, com seis.

Amanhã a Sanjoanense tem mais um jogo extremamente difícil ao receber, no pavilhão das Travessas, o Benfica, jogo a contar para a 10ª jornada.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here