Dínamo continua sem vencer

Liga Placard Futsal

0
46

Leões Porto Salvo, 4 – Dínamo Sanjoanense, 0

Jogo no Pavilhão do Leões Porto Salvo.

Árbitros: Bruno Araújo e Mário Silva.

Leões Porto Salvo: Bruno Marques, Pedro Cary, Danny, Wesley Reinaldo, Papa Unjanque.

Suplentes: Pedro Martinho, Diogo Santos, Rodrigo Hiroshi, Dura, Bruno Pinto, Ré, Daniel Machado.

Treinador: Ricardo Lobão.

Dínamo Sanjoanense: Babas, Xavier Moreira, Valter Batista, Nando Costa, Diogo Tavares.

Suplentes: Rui Capelas, Chico Leitão, Emídio Baptista, Franklin Neto, Tiago Silva, Rúben Mateus, Pedro Sousa, Baião.

Treinador. Luís Almeida.

Ao intervalo: 2-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Daniel Machado, (17’), Pedro Cary (20’ e 24’), Valter Batista (24’), Diogo Tavares (25’), Danny (29’). Cartão vermelho para Pedro Cary (24’).

Marcha do marcador: 1-0 por Bruno Pinto (8’), 2-0 por Daniel Machado (19’), 3-0 por Dura (27’), 4-0 por Xavier Moreira (28’ pb).

O Dínamo continua sem vencer. Depois da pesada derrota (1-14) de quarta-feira frente ao Sporting, num jogo de atraso referente à sexta jornada, o conjunto orientado por Luís Almeida voltou a perder no passado sábado na deslocação a Porto Salvo, adversário que assumiu o comando do encontro logo no apito inicial. Com trocas de bola sistemáticas, perante um Dínamo que demonstrava algumas dificuldades para se lançar no ataque, as ameaças dos locais à baliza de Babas não tardaram e logo aos quatro minutos Ré desarma Nando Costa e tenta chegar ao golo, mas o guardião visitante prolongou o nulo que acabaria, no entanto, por ser desfeito pouco depois. Os locais recuperam a bola numa saída para o ataque do Dínamo e Ré, numa investida pela esquerda, serve Bruno Pinto junto ao segundo poste que, sem marcação, desvia para o fundo das redes e fora do alcance de Babas.

Os visitantes não conseguiram reagir e já perto do intervalo acabam por ver os homens de Ricardo Lobão aumentar a vantagem. Danny aproveita um mau passe de Nando Costa para assistir Daniel Machado que bate Babas pela segunda vez.

Na segunda parte o Dínamo entrou com vontade de reduzir a desvantagem e Xavier Moreira ainda obrigou Bruno Marques a uma grande defesa, mas foram os locais que, mesmo reduzidos a três jogadores de campo durante dois minutos após a expulsão de Pedro Cary, por acumulação de amarelos, mantiveram o domínio do encontro e que mais perto estiveram do golo, com Ré a falhar um desvio à boca da baliza. Quem não desperdiçou foi Dura, que aos 27 minutos aproveitou o rápido contra-ataque de Diogo Santos para finalizar com sucesso o terceiro da equipa da casa. O resultado ainda não estava fechado e não foi preciso esperar muito para o marcador voltar a funcionar. E foi o Dínamo que marcou, mas na própria baliza num lance de infelicidade de Xavier Moreira, que na tentativa de anular um passe do Leões acaba por contribuir para aumentar a vantagem dos Leões.

Até ao final os homens de Luís Almeida tentaram minimizar a derrota e nem o facto de apostarem num 5×4 com um guarda-redes avançado trouxe alterações ao marcador.

No próximo sábado o Dínamo recebe, às 11h00, a formação da Quinta dos Lombos.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here