AD Sanjoanense, 3 – HC Turquel, 1

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: Manuel Fernandes (AP Porto) e André Portal (AP Aveiro).

AD Sanjoanense: Tiago Freitas, João Lima, Tiago Almeida, Pedro Cerqueira, Xavier Cardoso.

Suplentes: Marco Lopes, Alex Mount, Pedro Rego, Facundo Navarro, Hugo Santos.

Treinador: Vítor Pereira.

HC Turquel: Diogo Almeida, Tiago Rafael, Vasco Luís, André Pimenta, Tomás Moreira.

Suplentes: Gonçalo Duarte, André Moreira, Afonso Severino, Tiago Mateus, Daniel Passos.

Treinador: João Simões.

Ao intervalo: 1-1.

Ação disciplinar: Cartão azul para Alex Mount (24’), Diogo Almeida (49’).

Marcha do marcador: 0-1 por Vasco Luís (5’), 1-1 por Hugo Santos (17’), 2-1 por Pedro Cerqueira (47’), 3-1 por Xavier Cardoso (49’).

Faltas: AD Sanjoanense, 9 | HC Turquel, 7.

Depois de cinco jornadas sem vencer, a Sanjoanense procurava regressar aos triunfos na receção ao Turquel, mas um jogo equilibrado acabaria por adiar a decisão para os últimos minutos da partida

Com um início dividido, os instantes iniciais começaram com ambas as formações a pressionar e pouco depois do arranque já os dois guarda-redes tinham sido chamados a intervir, mas seria o Turquel a adiantar-se no marcador aos cinco minutos. Vasco Luís, numa excelente jogada individual, conduziu o contra-ataque e de frente para a baliza abre o ativo.

A desvantagem não abalou a Sanjoanense. Apesar do jogo dividido, a equipa de Vítor Pereira continuou à procura do golo, que acabaria por surgir aos 17 minutos de jogo. Xavier, com uma movimentação rápida atira forte para a defesa de Diogo Almeida, a bola sobra para Facundo Navarro que dentro da área da baliza tenta o remate em rotação, mas acaba por cair e é Hugo Santos que, na insistência, restabelece a igualdade, que se manteria até ao intervalo.

Na segunda parte não se registaram grandes alterações. O jogo manteve-se equilibrado e apesar de algumas situações de perigo de parte a parte foi preciso esperar até aos últimos momentos do encontro para o marcador voltar a mexer. E foi Pedro Cerqueira, aos 22 minutos, que desbloqueou o resultado de grande penalidade, assinalada na sequência de um rápido contra-ataque protagonizado por Xavier Cardoso.

A cerca de um minuto do fim o Turquel teve uma boa oportunidade para chegar à igualdade, mas seria precisamente na sequência desse lance que a Sanjoanense ampliou e fechou a contagem. Tomás Moreira assume a responsabilidade da marcação do livre direto, na sequência de um cartão azul mostrado a Alex Mount, mas permite a defesa de Tiago Freitas, e é Xavier Cardoso, que com uma arrancada rápida recupera a bola, lança-se no ataque e, livre de marcação, bate Diogo Almeida.

A 15 segundos do fim os alvinegros ainda beneficiaram de um livre direto, mas Hugo Santos não conseguiu bater o guardião visitante.

No próximo sábado os alvinegros, que ontem à noite defrontaram o Benfica, em jogo de atraso referente à sexta jornada, deslocam-se ao recinto do HC Braga.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here