AD Sanjoanense, 85 – SC Vasco da Gama, 69

Jogo no Pavilhão Paulo Pinto.

AD Sanjoanense: Sílvio Rodrigues (12), Eduardo Guimarães (11), João Costa (22), João Lucas (13), Miguel Reis (8), Rodrigo Lima (9), Renato Ribeiro (3), Gonçalo Lascasas, João Álvaro (7), Daniel Couto, Tiago Ferreira.

Treinador: João Tiago.

SC Vasco da Gama: Emanuel Vaz (3), Pedro Terroso (3), Paulo Vieira (20), Sandro Madureira (7), José Cardoso (5), Rúben Nobre (7), Guilherme Sequeira (6), João Veludo (6), Marco Fonseca, Francisco Teixeira (5), Miguel Pereira (4), Fábio Bem (3).

Treinador: Duarte Oliveira.

Parciais: 24-17; 20-21; 15-11; 26-20.

Depois de dois encontros consecutivos para a Proliga, com a Sanjoanense a alcançar uma vitória e uma derrota, os alvinegros garantiram, no domingo, no terceiro jogo de uma semana bastante exigente, a passagem à próxima fase da Taça de Portugal ao vencerem, em casa, a formação do SC Vasco da Gama por 85-69.

A Sanjoanense entrou bem no encontro e adiantou-se no marcador, chegando a uma vantagem de cinco pontos (7-2). Mas os visitantes reagiram e mantiveram o jogo equilibrado praticamente até ao final do primeiro período, altura em que uma série de lançamentos eficazes dos alvinegros permitiu que a equipa orientada por João Tiago se distanciasse no marcador, entrando no segundo quarto a vencer por 24-17.

Nos 10 minutos seguintes acentuou-se o domínio dos locais, que dispararam no marcador chegando a uma vantagem de 14 pontos (38-24), diferença que o Vasco da Gama atenuou, mas que não foi suficiente para impedir que a Sanjoanense chegasse ao intervalo a vencer por 44-38.

Com uma boa entrada na segunda parte o Vasco da Gama encurtou a distância entre as duas equipas, que chegou a ser de apenas três pontos, mas a reação dos locais, assente numa excelente prestação de João Costa, com um total de 22 pontos convertidos, permitiu que a equipa orientada por João Tiago voltasse a fugir no marcador e chegasse ao último quarto a liderar o resultado por 59-49.

No arranque para o derradeiro período um lançamento de três pontos de Eduardo Guimarães separou ainda mais as equipas, mas os visitantes não desistiram e pouco depois voltavam a entrar na discussão do resultado (62-57). Mas não por muito tempo. Uma conversão de dois pontos de João Costa e uma de três de João Lucas abriram caminho para uma vantagem que os visitantes nunca mais conseguiram anular.

No próximo domingo a Sanjoanense volta a jogar em casa recebendo o Illiabum, jogo a contar para a sexta jornada da Proliga.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here