ARQ-ART Norte conta mais de 240 mil euros para aumentar a atratividade cultural, em particular junto dos mais jovens

 

O Centro de Arte da Oliva (CAO) pertence à nova rede temática de cooperação entre 13 museus de arte e arquitetura contemporâneas do Norte, um novo projeto da Direção Regional da Cultura, orientado para a valorização da oferta no território e que tem como base algumas das mais importantes e reconhecidos ativos culturais da região e do país, adianta o Município em nota de imprensa remetida ao labor.

Com um orçamento de 242 mil euros, o ARQ-ART Norte (Rede de Arte e Arquitetura Contemporâneas no Norte de Portugal) consiste na criação, desenvolvimento, implementação e coordenação de um novo produto cultural regional, centrado na arquitetura e arte contemporânea na região Norte.

Este projeto, segundo o comunicado recebido pelo nosso semanário, tem como meta aumentar a atratividade cultural da Região Norte para visitantes e residentes, em especial das faixas etárias mais jovens.

Além do CAO, de S. João da Madeira, esta nova rede inclui ainda instituições como a Fundação de Serralves (Porto), o Centro Internacional de Arte José Guimarães (Guimarães), o Museu Amadeo Souza Cardoso (Amarante), o Museu do Surrealismo – Fundação Cupertino Miranda, o Museu da Bienal de Cerveira (Vila Nova de Cerveira), entre outras.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here