JS quer incentivar fixação de jovens na cidade

0
81

Com isenção de IMI e IMT 

A Juventude Socialista (JS) de S. João da Madeira propôs ontem, em reunião do Conselho Municipal da Juventude, a criação de um regulamento para concessão de isenções de impostos municipais que possibilite um novo incentivo à fixação de jovens até 30 anos de idade na cidade, conforme avança nota de imprensa recebida pelo labor.

O objetivo é – segundo anunciou Leonardo Martins na última sessão da Assembleia Municipal (AM) – isentar de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e de Imposto Municipal sobre as Transmissões onerosas de imóveis (IMT) os jovens na aquisição de habitação própria e permanente, cujo valor patrimonial tributário não exceda os 125 mil euros.

O jovem deputado da AM fez este anúncio aquando da apreciação da Estratégia Local de Habitação, que sustenta a candidatura da câmara ao programa de apoio ao acesso à habitação do Governo. Na ocasião, de acordo com o comunicado da JS, Leonardo Martins teceu duras críticas à “falta de visão e de políticas públicas de habitação do PSD” que, durante 16 anos, guiou S. João da Madeira “à estagnação, à perda de centralidade e à perda de população jovem”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...