ADA Maia/ISMAI, 26 – AD Sanjoanense/Delba, 27

Jogo no Pavilhão Municipal da Maia.

Árbitros: Rúben Maia e André Nunes.

ADA Maia/ISMAI: João Edra, Afonso Lima (1), Manuel Lima, José Fernandes, Gonçalo Meireles (4), Diogo Ribeiro, Tomás Barbosa, João Furtado (1), João Carvalho (2), Nuno Fernandes (3), Gustavo Marques (4), Hugo Santos (7), Hugo Rosário (1), Tiago Magalhães, Francisco Oliveira, Pedro Vieira (3).

Treinador: Alexandre Melo.

AD Sanjoanense/Delba: Guilherme Novo (1), Pedro Pires (1), Miguel Cortinhas (1), Lourenço Santos (6), Lucas Santana, Bruno castro (1), Tiago Antunes (3), Guilherme Silva, Bruno Pinho (1), David Ferreira, António Devile, Jefferson Bastos (1), Nuno Queirós, Vinícios Carvalho (11), Ricardo Pinho (1), Dilan Moreno.

Treinador: Nuno Silva.

Ao intervalo: 12-12.

Depois do desaire em casa no fim de semana frente ao ABC (21-31), a Sanjoanense somou ontem três pontos importantes frente ao Maia, um adversário direto dos alvinegros na luta pela manutenção.

Partida bastante equilibrada do início ao fim, sem que nenhuma das formações conseguisse distanciar-se no marcador, que por diversas vezes teve alternâncias no comando. O empate a 12 golos ao intervalo refletia o equilíbrio que se verificou dentro de campo ao longo dos 30 minutos iniciais.

Na segunda parte não se registaram alterações. O jogo e o marcador mantiveram-se equilibrados, no entanto a vitória acabaria por sorrir aos homens de Nuno Silva, ainda que por apenas um golo de vantagem.

Hugo Santos foi o melhor marcador o Maia, com sete golos, enquanto Vinícios Carvalho foi a principal dor de cabeça para a defesa local, ao apontar 11, dos 27 golos da Sanjoanense.

No próximo dia 19 os alvinegros deslocam-se a Avanca para defrontar o Artística, jogo a contar para os 16 avos de final da Taça de Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...