AD Sanjoanense/Delba, 21 – ABC/UMinho, 31

Jogo no Pavilhão das Travessas.

Árbitros: Eurico Nicolau e Ivan Caçador.

AD Sanjoanense/Delba: Guilherme Novo (1), Miguel Cortinhas (3), Lourenço Santos (6), Lucas Santana, Bruno Castro (1), Tiago Antunes, Orlando Correia (1), Guilherme Silva (2), Bruno Pinho, David Ferreira, António Devile, Jefferson Bastos, Vinícios Carvalho (7), Ricardo Pinho, Dilan Moreno.

Treinador: Nuno Silva.

ABC/UMinho: Sebastian Gutierrez (2), João Peixoto (1), Predrag Rodic, Arsenashvili Erekle (8), Carlos Oliveira, André José, Bruno Machado, Rui Baptista (11), Hugo Manso, Tomás Teles, André Rei (2), Diogo Silva, João Fernandes (2), Cláudio Silva.

Treinador: Jorge Rito.

Ao intervalo: 12-16.

A Sanjoanense cedeu na receção ao ABC, equipa que não teve grandes dificuldades para sair de S. João da Madeira com mais três pontos. Depois do triunfo na jornada anterior, o conjunto liderado por Nuno Silva não conseguiu repetir o desfecho num jogo em que os locais apresentaram algumas falhas defensivas e estiveram pouco assertivos na finalização, inclusive da linha de sete metros.

Os visitantes colocaram o marcador em marcha ainda antes de cumprido o primeiro minuto e aos poucos foram ganhando vantagem que a Sanjoanense tentava atenuar e foi por intermédio de Lourenço Santos, com três golos, que aos 10 minutos os alvinegros se aproximavam no marcador (3-4). Nos instantes seguintes os locais ainda mantiveram o resultado equilibrado, mas à passagem do primeiro quarto de hora o ABC, que teve em Rui Baptista e Arsenashvili Erekle os principais pilares da vitória, com 8 e 11 golos, respetivamente, começava a ganhar distância no marcador, chegando ao intervalo a vencer por 12-16.

Na segunda parte, quando se esperava uma reação da Sanjoanense, a equipa orientada por Nuno Silva apresentou ainda mais dificuldade para furar a defensiva visitante, que em ataques organizados, aos poucos, ia aumentando a vantagem, que a quatro minutos do final chegou a ser de 11 golos (19-30), mas que os locais prontamente encurtaram para 10, diferença que se manteria até ao final do encontro.

Vinícios Carvalho, com sete golos, e Lourenço Santos, com seis, foram os principais marcadores do lado da Sanjoanense, que depois de ter defrontado ontem à noite o ADA Maia, no sábado disputa os 1/16 avos de final da Taça de Portugal com o Artística de Avanca.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here