AD Sanjoanense, 80 – Illiabum Clube, 87

Jogo no Pavilhão Paulo Pinto.

Árbitros: Juan Alijas e Bernardo Fernandes.

AD Sanjoanense: Sílvio Rodrigues (9), Eduardo Guimarães (14), João Lucas (7), Rodrigo Lima (18), Mu Okonkwo (12), João Costa (2), Miguel Reis (11), Renato Ribeiro (7), Gonçalo Lascasas, João Álvaro, Daniel Couto, Tiago Ferreira.

Treinador: João Tiago.

Illiabum Clube: Malcom Walters (18), Shannon Hale (11), Tiago Tavares (22), Simão Verde (4), Manuel Sicó (9), Rúben Colton, Augusto Sobrilho (18), Tiago Patrocínio, Vasco Marques, Francisco mota, Salvador Caldeira, Lamine Banora (5).

Treinador: João Figueiredo.

Parciais: 23-17; 19-25; 27-20; 11-25.

Frente ao Illiabum, que ocupa a segunda posição da Zona Norte, com apenas um ponto de atraso relativamente ao líder, o CD Póvoa, a Sanjoanense sabia que a receção à equipa de Ílhavo não seria fácil, mas os alvinegros entraram focados no jogo e realizaram uma excelente exibição.

Com o recente reforço Munachiso Okonkwo no cinco inicial, a equipa orientada por João Tiago entrou bem na partida e abriu mesmo o ativo com um lançamento triplo de Eduardo Guimarães. A reação dos visitantes foi quase imediata e em pouco mais de um minuto o Illiabum cavava um fosso de sete pontos de vantagem (3-10), diferença que os locais viriam a anular e inverter, chegando a liderar o resultado por 21-12, mas que no final do primeiro período a equipa de João Figueiredo já havia colocado nos 23-17.

No arranque do segundo quarto em pouco mais de um minuto o Illiabum chegava à igualdade (23-23), mas um lançamento de três pontos colocava a Sanjoanense novamente na liderança, que Rodrigo Lima e Eduardo Guimarães cimentaram até aos 30-23. Aos poucos a formação de Ílhavo foi-se aproximando e com um parcial de 19-25 chegava-se ao intervalo com o marcador a registar um empate a 42 pontos.

No terceiro período a Sanjoanense esteve sempre na liderança e a cerca de quatro minutos do final chegou a ter uma vantagem de 12 pontos (62-50), mas o Illiabum reduziu a diferença e entrou nos últimos 10 minutos, que acabariam por ser os melhores da formação visitante, a perder por 69-62.

Com pouco mais de três minutos decorridos do último quarto Augusto Sobrinho colocava os homens de João Figueiredo no comando (71-72), posição que o Illiabum nunca mais perdeu até ao final. No último minuto do encontro Mu Okonkwo e Rodrigo Lima ainda aproximaram as duas equipas no marcador (80-84), mas a conversão de três cestos nos 30 segundos finais confirmava o triunfo da equipa de ílhavo por sete pontos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...