No fim de semana de 5 e 6 de dezembro a equipa de arbitragem da Federação Portuguesa de Artes Marciais Chinesas (FPAMC) esteve reunida na Torre da Oliva para avaliar as 116 prestações individuais dos atletas, provenientes de 10 associações, que se inscreveram nos Campeonatos Nacionais de Artes Marciais Chinesas Online. A Shàolín Si, de S. João da Madeira, foi uma das coletividades representadas com seis elementos em avaliação.

Em esperanças masculinas a coletividade contou apenas com a representação de Gonçalo Oliveira, que participou na disciplina de Saco Performativo, lançada para cumprir o regulamento em vigor que condiciona a prática desportiva das Artes Marciais Chinesas a atos individuais de baixo risco de contágio, impedindo contacto ou proximidade entre atletas das disciplinas de combate. Assim, e também com fundamento em disciplinas similares e tradicionais de competição, como a de desempenho em Bonecos de Madeira, a federação, para manutenção da atividade dos atletas da modalidade de Sanda, regulamentou esta nova disciplina competitiva, na qual Gonçalo Oliveira se sagrou campeão nacional.

Beatriz Oliveira repetiu o feito do colega de equipa na mesma disciplina, mas em seniores, somando ainda mais dois primeiros lugares em Wushu/Kung Fu nas disciplinas de Armas de Shàolín e Punhos de Shàolín. Pódios que a atleta somou aos conseguido em fevereiro nos Regionais Centro.

Já Bruno Sousa participou em duas disciplinas de Wushu e duas de Kung Fu, sangrando-se campeão nacional em Nan Quán, Nan Dao, Punhos Outros Estilos e Armas de Shàolín. Tal como Beatriz Oliveira, Bruno Sousa foi também campeão regional em fevereiro, mantendo, assim, o bom rendimento desportivo, sendo de destacar a passagem pela seleção nacional online que representou Portugal nos primeiros europeus de Wushu realizados neste formato.

João Gonçalves sagrou-se campeão nacional em Saco Performativo, a juntar ao título regional em Qinda, disciplina de combate da modalidade de Sanda, conquistado em fevereiro. Conquistou ainda o título na disciplina de Punhos de Shàolín, da modalidade de Wushu/Kung Fu e obteve ainda um segundo lugar em Armas de Shàolín.

João Oliveira alcançou um segundo e um terceiro lugares em Wushu/Kung Fu, disciplinas de Shàolín, também a juntar aos dois títulos de Campeão Regional para coroar o seu percurso desportivo neste pandémico 2020.

Em veteranos, Alexander Ponzo, que em 2019 foi campeão nacional e europeu em Moscovo, soma agora dois títulos de vice-campeão nacional online ao de campeão regional alcançado este ano.

Esta prova, circuito competitivo distinto dos regionais realizados em fevereiro, foi desenvolvida pela FPAMC como resposta à atual conjuntura epidémica, não deixando de ser uma ferramenta de democratização do acesso à competição para aqueles que, por exemplo, estão geograficamente afastados dos locais de realização dos nacionais, não reúnam condições financeiras e outras para se deslocarem aos mesmos. Assim, a igualdade de oportunidades no acesso à competição pode ser assegurada, por exemplo, aos pequenos clubes com recursos escassos e falta de apoios. Numa realidade que se prevê prolongada em 2021, este modelo de competição salvaguardará uma dinâmica desportiva segura, de risco praticamente nulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...