“Só em 2023 poderemos superar os valores de 2019”

Estado dos Negócios

0
86

O início do ano indicava que 2020 ia ser promissor para o Hotel Golden Tulip em S. João da Madeira. A pandemia acabou por trocar as voltas ao setor da hotelaria e a muitos outros. “Os dois primeiros meses do ano foram melhores que os meses homólogos. Tudo indicava que seria um ano excelente, muito superior ao anterior, mas em março a pandemia veio trazer a realidade que vivemos até aos dias de hoje” e este acabou por ser “o pior ano de sempre”, afirmou Luís Correia, administrador do hotel, ao labor.

A verdade é que “ninguém estava preparado para uma situação destas” que levou a que tivessem de ser tomadas “muitas decisões de gestão ao nível dos recursos humanos, do dia a dia das unidades e a uma reestruturação financeira”, assumiu Luís Correia. Para superar os últimos meses, o hotel aderiu ao lay-off e ao apoio à retoma.

Meses esses marcados pela diminuição do número de clientes. A maior parte das estadias acontece em “trabalho e desporto. A área de lazer foi fortemente afetada”, assumiu o administrador do Hotel Golden Tulip que dispõe de alojamento, restaurante, bar, salas de banquetes, salas de reuniões e piscina interior. A proibição de circulação entre concelhos e o recolher obrigatório a partir das 13h00 ao fim de semana veio afetar ainda mais as estadias. “As pessoas que estiveram em trabalho mantiveram-se na unidade. Os de lazer preferiram não arriscar a sua deslocação e cancelaram a reserva”. A duas semanas do fim do ano, as esperanças não estão depositadas apenas em 2021, mas sobretudo nos próximos anos. “Estamos todos à espera de 2021. Se a vacina correr como o esperado, a nossa previsão é que a melhoria será em junho/julho. Pensamos que as vendas deverão estar acima de 2020 em cerca de 45%”, anteviu Luís Correia. “O mercado interno será o nosso mercado alvo e depois de o turismo ganhar confiança no destino começamos a retoma em 2022. Na nossa visão só em 2023 é que poderemos superar os valores de 2019”, considerou o administrador do Hotel Golden Tulip ao labor.

 

Programa de Natal e Réveillon com reservas “muito baixas”

 

Apesar do receio provocado pela Covid-19, o Hotel Golden Tulip avançou com o programa de Natal e de Réveillon 2020. “Como previsto, até à data, as reservas são muito baixas. No caso do Réveillon prevê-se uma taxa de ocupação muito baixa devido à proibição de circulação entre concelhos”, concluiu Luís Correia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...