Assembleia Municipal aprova dois votos de pesar

0
50

A Assembleia Municipal (AM) aprovou por unanimidade um voto de pesar, apresentado pela CDU – Coligação Democrática Unitária, pelo “homicídio do cidadão ucraniano Ihor Homeniuk, e que será remetido ao Presidente da República, Presidente da Assembleia da República e Embaixada da Ucrânia em Portugal.

No entender da CDU, o que aconteceu em março deste ano nas instalações do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) no Aeroporto e Lisboa é “da maior gravidade”. Daí ter proposto à AM para que esta manifestasse “o seu pesar à esposa, aos filhos, à restante família da vítima e ao povo ucraniano, em particular aos milhares de cidadãos residentes em Portugal; reclamasse “um total apuramento de responsabilidades”, uma profunda reestruturação do SEF e a assunção pelo Estado Português das necessárias medidas de reparação da família da vítima”; e exigisse, “de imediato, as medidas necessárias para impedir, que os direitos fundamentais dos cidadãos imigrantes e requerentes de asilo que entram no nosso país continuem a ser violados”.

Na mesma sessão, a AM também aprovou unanimemente um outro voto de pesar, desta feita, pelo falecimento de Álvaro Fernandes Cardoso, o primeiro presidente da Junta de Freguesia de S. João da Madeira eleito após o 25 de Abril pelas listas do Partido Socialista (PS). Esta proposta foi apresentada por Rodolfo Andrade que, em nome da bancada socialista, destacou e enalteceu o “contributo cívico e social” do antigo autarca “numa altura frágil e crucial da implementação da democracia em Portugal”. O líder do PS ainda endereçou “à família e aos amigos [do falecido] as mais sinceras e sentidas condolências”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...