Riba d’Ave, 5 – AD Sanjoanense, 6

Jogo no Pavilhão Parque das Tílias, em Riba d’Ave.

Árbitros: Florindo Cardoso (AP Minho) e Carlos Correia (AP Minho).

Riba d’Ave: Diogo Fernandes, Facundo Bridge, João Pedro, Nuno Pereira, Dinis Abreu.

Suplentes: Miguel Rocha, Gustavo Pato, Hugo Barata, Andrés Castaño, Daniel Pinheiro.

Treinador: Raul Meca Lopes.

AD Sanjoanense: Tiago Freitas, João Lima, Tiago Almeida, Pedro Cerqueira, Xavier Cardoso.

Suplentes: Marco Lopes, Alex Mount, Pedro Rego, Facundo Navarro, Hugo Santos.

Treinador: Vítor Pereira.

Ao intervalo: 2-3.

Ação disciplinar: Cartão azul para Dinis Abreu (24’), Xavier Cardoso (24’), Daniel Pinheiro (30’).

Marcha do marcador: 0-1 por Pedro Cerqueira (11’), 1-1 por João Pedro (16’), 1-2 por Alex Mount (19’), 1-3 por Alex Mount (20’), 2-3 por João Pedro (24’), 2-4 por Pedro Cerqueira (30’), 3-4 por Nuno Pereira (32’), 3-5 por Xavier Cardoso (32’), 4-5 por Hugo Barata (39’), 5-5 por Dinis Abreu (44’), 5-6 por Facundo Navarro (49’).

Faltas: Riba d’Ave, 11 | AD Sanjoanense, 7.

A Sanjoanense regressou de Riba d’Ave com três pontos importantes, alcançados num jogo intenso e onde o triunfo dos visitantes só ficou decidido a dois minutos do final da partida.

Com as equipas equilibradas, foi a formação da casa que aos 10 minutos criou uma boa ocasião para inaugurar o marcador, quando João Pedro, isolado, não conseguiu ultrapassar o guardião Tiago Freitas, mas seria a Sanjoanense, momentos depois, a abrir o ativo. Pedro Cerqueira recupera uma bola perdida e de quase meio campo, com um remate rasteiro, inaugura o marcador.

Cinco minutos volvidos o Riba d’Ave chegava à igualdade por intermédio de João Pedro, mas a resposta dos homens de Vítor Pereira não tardou e foi Alex Mount que voltou a colocar os alvinegros no comando. O inglês parecia inspirado e no minuto seguinte aproveita uma recuperação de bola de Hugo Santos junto à área de baliza dos locais para bisar na partida.

João Pedro fez o mesmo e em cima do intervalo, na recarga de uma grande penalidade, apontou o segundo da sua equipa e da sua conta pessoal.

Na segunda parte a Sanjoanense precisou de cinco minutos para voltar a colocar o marcador em marcha, com Pedro Cerqueira, de livre direto, a aumentar a vantagem. Nuno Pereira e Hugo Barata ainda reduziram para a diferença mínima, com Xavier Cardoso a apontar um golo pelo meio, mas foi Dinis Abreu, a seis minutos do fim, que alimentou as esperanças do Riba d’Ave com uma forte sticada que restabeleceu a igualdade a cinco bolas.

Com tudo em aberto seria a Sanjoanense a assegurar os três pontos no último minuto, com Facundo Navarro a converter um livre direto a castigar a décima falta dos homens de Raul Lopes.

No próximo sábado os alvinegros recebem, pelas 17h30, o SC Tomar.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here