Ao contrário do que estava previsto até ontem, dia de fecho de edição, a Conferência Episcopal decidiu suspender as missas presenciais devido à evolução do número de infeções de mortes por Covid-19 em Portugal.

Recordamos que aquando do anúncio do novo confinamento a Igreja podia realizar a eucaristia, os velórios e os funerais, segundo as orientações da Conferência Episcopal Portuguesa de 8 de maio de 2020.  Assim sendo, a única diferença em relação ao primeiro confinamento residia na celebração de missas presenciais ao fim de semana.

“Acho que a Igreja tem sido exemplar em apelar à exigência e em ser exigente, por isso, nesse sentido, atendendo ao que é constitucionalmente de direito não há nada que impeça nem ponha moralmente em causa o modo como temos interpretado e levado a sério a saúde das pessoas”, afirmou o padre Álvaro Rocha, esta terça-feira, ao labor.

Na paróquia de S. João da Madeira, a missa ao sábado estava marcada para as 17h00 na Capela do Parrinho e para as 17h00 e as 19h00 na Igreja Matriz. Os horários de domingo eram às 8h00 na Igreja Matriz, às 9h00 na Capela de Casaldelo, às 10h00 na Igreja Matriz e na Capela de Santo António, às 10h30 na Capela dos Milagres e às 11h30 novamente na Igreja Matriz.

A catequese continua a ser feita por via digital e aos grupos e movimentos é pedido que as outras atividades pastorais sejam feitas de modo digital ou adiadas.

O acesso ao cartório deve fazer-se por contacto telefónico (telefone 256822396 ou telemóvel 924008988) ou por email (paroquiasjmadeira@gmail.com), mesmo para a marcação das missas.

(Atualização no dia 21 de janeiro)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...