AD Sanjoanense, 0 – SC S. João Ver, 0

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Fábio Lourenço, auxiliado por Luís Ramos e Bruno Nascimento (AF Viseu).

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Godinho, Rúben, Jota, Barbosa, George (Márcio, 69’), Élder Santana, Ricardo (Danso, 69’), Paulinho (Mário Correia, 88’), Aldair, Zé Leite.

Suplentes: Bradley, Sandro, Mário, Gil Barros, Márcio, Eecion, Danso.

Treinador: Sérgio Machado.

SC S. João de Ver: Leo, Gouveia, Marcelo (Vieirinha, 46’), Miguel Silva, Aranha, Nuno Martins, Ká Semedo (Yonder, 80’), Pedro santos, Emanuel Elísio (Alex, 78’), Castro (Silvestre, 62’).

Suplentes: André, Alex, Cristóvão, Quiñones, Yonder, Vieirinha, Silvestre.

Treinador: Nuno Pedro.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Diogo Barbosa (5’), Emanuel Elísio (22’), Miguel Silva (39’), Pedro Santos (71’), João Oliveira (90’). Cartão vermelho para Miguel Silva (76’), Aldair (85’).

Terminou sem golos a receção da Sanjoanense ao S. João de Ver. Num jogo sem grandes oportunidades de parte a parte, foram os alvinegros os primeiros a incomodar a defesa visitante. Paulinho, logo aos três minutos, na cobrança de um livre, atirou certeiro, mas para as mãos do guardião Leo que, logo depois, também não teve grandes dificuldades para travar um remate fraco de George.

Do lado contrário a melhor ocasião surgiu por intermédio de Ká Semedo, mas o remate saiu ao lado da baliza de Diogo Almeida.

Aos poucos a Sanjoanense cresceu no jogo, mas a melhor oportunidade dos 45 minutos iniciais surgiu quase em cima do intervalo, quando na reposição de uma bola pela linha lateral Barbosa, numa combinação com George, entra pela grande área e com um remate ao primeiro poste obriga o guardião “mapaleiro” a uma defesa apertada.

Numa fase em que os alvinegros pareciam querer tomar conta do encontro, esperava-se que na segunda parte os homens de Sérgio Machado materializassem o ligeiro ascendente com que chegaram ao intervalo. Mas no regresso dos balneários entrou melhor a equipa de S. João de Ver e foi Elísio, após um cruzamento vindo do lado contrário de Vieirinha, com um remate de fora da área, a testar a atenção de Diogo Almeida.

A resposta dos homens da casa surgiu por intermédio de Élder Santana. Primeiro com um cabeceamento ao lado em resposta a um livre de Paulinho e depois numa tentativa de assistir Márcio com um passe para o coração da área, mas após um desvio da defesa visitante é Danso que remata rente ao poste.

A cerca de 15 minutos do fim Miguel Silva foi expulso após uma falta sobre Zé Leite e deixa o S. João de Ver reduzido a 10 elementos. A Sanjoanense não conseguiu tirar proveito da superioridade numérica, que se manteve por cerca de 10 minutos, altura em que Aldair viu o vermelho direto resultado de uma entrada dura sobre Aranha.

Já em tempo de compensação os visitantes chegaram à baliza da Sanjoanense em lances de bola parada, mas sem qualquer perigo para as redes à guarda de Diogo Almeida.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here