AD Sanjoanense, 2 – SC Tomar, 5

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: Paulo Almeida (AP Aveiro) e António Santos (AP Aveiro).

AD Sanjoanense: Tiago Freitas, João Lima, Tiago Almeida, Pedro Rego, Xavier Cardoso.

Suplentes: Marco Lopes, Alex Mount, Pedro Cerqueira, Facundo Navarro, Hugo Santos.

Treinador: Vítor Pereira.

SC Tomar: Francisco Veludo, Ivo Silva, Filipe Almeida, Pedro Martins, Alexandre Marques.

Suplentes: António Marante, Lucas Honório Santos, Hernâni Dinis, Rúben Sousa, Anderson Silva.

Treinador: Nuno Lopes.

Ao intervalo: 0-2.

Marcha do marcador: 0-1 por Alexandre Marques (5’), 0-2 por Rúben Sousa (23), 0-3 por Pedro Martins (30’), 1-3 por Tiago Almeida (43’), 1-4 por Alexandre Marques (48’), 1-5 por Alexandre Marques (49’), 2-5 por Tiago Almeida (49’).

Faltas: AD Sanjoanense, 13 | SC Tomar: 11.

A Sanjoanense perdeu, em casa, por 2-5, na receção à formação de Tomar. Num jogo onde os locais apresentaram algumas dificuldades, foi o conjunto visitante que esteve mais consistente tanto no ataque como na defesa, com destaque para o guardião Francisco Veludo, que em tarde inspirada foi fundamental para o desfecho da partida. O primeiro sinal de perigo até veio da lado dos alvinegros, com João Lima, em posição central e sem oposição, a atirar para a defesa do guarda-redes visitante, mas foi o Tomar que esteve mais produtivo e aos cinco minutos inaugurava o marcador. Alexandre Marques rouba a bola a um homem da casa, lança-se no ataque e com uma sticada de longe e de frente para a baliza abre o ativo.

A Sanjoanense procurou reagir à desvantagem e a melhor oportunidade surgiu por intermédio de Xavier Cardoso, que viu Francisco Veludo defender o forte remate de quase meio campo. Do lado contrário Tiago Freitas também mostrava segurança entre os postes, mas a pouco mais de dois minutos do intervalo não conseguiu impedir o segundo dos visitantes, quando uma perda de bola de Hugo Santos é aproveitada por Rúben Sousa para se lançar no ataque e com uma sticada cruzada ao segundo poste amplia a vantagem.

Esperava-se uma reação dos homens de Vítor Pereira no regresso dos balneários, mas foi o Tomar que manteve o controlo do jogo e com cinco minutos Pedro Martins rompe pelo meio campo alvinegro e sem grande dificuldade surge frente a Tiago Freitas e faz o terceiro dos visitantes.

O resultado era pesado para os locais, que acabariam por chegar ao golo nos últimos 10 minutos da partida. Pedro Cerqueira podia ter reduzido mais cedo, mas da marca de grande penalidade não bateu Francisco Veludo que, momentos depois, não conseguiu impedir que Tiago Almeida, também na conversão de um castigo máximo, apontasse o primeiro dos alvinegros. A Sanjoanense parecia querer reagir e Xavier Cardoso ainda enviou uma bola ao ferro, mas dois golos de Alexandre Marques em pouco mais de um minuto, já nos últimos momentos do encontro, praticamente sentenciaram o resultado, que a 30 segundos do fim sofreu uma ultima mexida com Tiago Almeida a bisar na partida.

Seguem-se mais dois jogos em casa da Sanjoanense, que recebe no próximo sábado o Valongo e na quarta-feira o Barcelos.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here