Os vereadores da coligação PSD/CDS-PP reconhecem as várias medidas tomadas pela câmara para apoiar a população mais afetada pelas restrições impostas pela Covid-19, mas acha que está na hora de fazer mais pelos pequenos comerciantes e pela restauração porque estão “fechados há muito tempo”, disse Paulo Cavaleiro, dando como exemplo a criação de um modelo municipal de entrega de refeições. A oposição também defende que a câmara deve voltar a ativar a medida de isenção das tarifas da água. “Se fez sentido numa primeira fase, também faz agora, pelo menos, para o pequeno comércio e a restauração”, afirmou o vereador da oposição, deixando de fora a indústria pelo facto de puderem continuar a laborar neste segundo confinamento, ao contrário do que aconteceu durante um período de tempo do primeiro que teve lugar em 2020.

A doutrina que temos vindo a seguir é a da adaptação”, começou por dizer o presidente da câmara, recordando que as medidas aprovadas em dezembro de 2020 para entrar em vigor até junho de 2021 vão ser alvo de avaliação e, se for o caso, de prorrogação. Jorge Sequeira garantiu ainda que vai “estudar outras medidas necessárias” para mitigar os efeitos da pandemia nos negócios

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...