E ainda serviço de empréstimo ao domicílio 

A passos largos de completar 60 anos de atividade, no próximo dia 11 de outubro, a Biblioteca Municipal (BM) Dr. Renato Araújo acaba de lançar dois novos serviços que a põem na rota das bibliotecas mais modernas do país.

À semelhança do que já acontece, por exemplo, nas congéneres do Porto, Viana do Castelo ou Vale de Cambra, os leitores da BM de S. João da Madeira têm agora acesso gratuito, direto e integral a mais de 7.000 dos principais jornais e revistas do país e do mundo. São mesmo muitas as fontes de informação disponibilizadas numa plataforma digital – a Press Reader – à distância de um clique, na App e/ou no website, que foi apresentada no passado dia 4 numa videoconferência de imprensa convocada pelo Município.

Entre as publicações nacionais disponíveis estão 89 revistas e 19 jornais

A Press Reader é uma plataforma digital que disponibiliza o acesso a publicações de mais de 120 países, em mais de 60 línguas, permitindo uma experiência de leitura envolvente através de um interface com várias funcionalidades. Vai custar à câmara à volta de 3.500 euros anuais, como adiantou Jorge Sequeira quando questionado pelo labor.

Entre as publicações nacionais disponíveis estão 89 revistas e 19 jornais, como o Diário de Notícias, o Jornal de Notícias, o Jogo, o Record, a Sábado, entre outros, sendo que a plataforma está a negociar a entrada de mais títulos.

Para aceder gratuitamente à Press Reader, os leitores apenas necessitam de estar inscritos na Biblioteca Municipal e introduzir o número do cartão de utilizador e um código (pin) que lhe será fornecido (ver caixa), conforme explicou Carla Relva, da BM.

Biblioteca leva livros a casa dos sanjoanenses

Para além desta medida, o autarca anunciou uma outra, também de “especial relevo no atual contexto de restrições de combate à propagação da pandemia”. Trata-se da “Biblioteca à sua porta”, um serviço de empréstimo ao domicílio que vai permitir que os leitores possam continuar a ter acesso a livros, revistas, CD’s e DVD’s em suporte físico, com respeito pelas normas sanitárias em vigor. A entrega e a recolha serão feitas apenas em S. João da Madeira, estando asseguradas por recursos próprios da câmara”. Ou seja, contrariamente à Press Reader, “não tem nenhum investimento financeiro associado. Serão os nossos colaboradores e os meios que temos que irão prestar esse serviço”, garantiu Jorge Sequeira ao nosso jornal.

O prazo máximo de empréstimo é de 15 dias. Os leitores devem fazer a requisição através do email bibliotecamunicipal@cm-sjm.pt ou dos números 256 200 890/962 146 410.

Contra as “fake news”, “desinformação” e “mentira”… lutar, lutar

Por detrás desta decisão camarária que já vinha sendo pensada desde o ano passado, estão as restrições decorrentes da pandemia, entre as quais o encerramento do equipamento municipal. Mas também a vontade da autarquia de querer “fomentar o livro”. “Queremos fomentar a leitura, a leitura de livros, a leitura de revistas e a leitura de conteúdos, que valorizem os nossos cidadãos e que contribuam para combater um fenómeno que hoje é muito preocupante”, disse o edil, referindo-se a esta “época das fake news, da desinformação, da propagação da mentira” que se vive.

Segundo Jorge Sequeira, “quando a opinião pública, em vez de se formar com base na imprensa tradicional, com base na imprensa profissional, se forma com base no Facebook, no WhatsApp e com base em informações dadas por pessoas que não têm conhecimento nem têm responsabilidade deontológica”, “estamos a caminhar para uma sociedade que rapidamente se pode transformar numa sociedade totalitária”.

O edil reforçou esta sua ideia, dando como exemplo o recente assalto ao Capitólio nos Estados Unidos da América. Este, em seu entender, “é uma consequência direta dos problemas que há pouco referi, de uma nova forma de as pessoas se informarem, de uma nova forma de as pessoas acederem a conteúdos noticiosos, da pulverização, da destruição das fontes fidedignas e da emergência de fontes de informação, de canais de informação, que não têm qualquer crivo ideológico, qualquer crivo deontológico e que apenas propagam mentiras”.

E por estas e por outras razões, “os poderes públicos têm de estar atentos a este fenómeno e combatê-lo” com iniciativas como a Press Reader e “Biblioteca à sua porta”.

No decurso desta sessão online, também falou Graça Neves. Para a coordenadora da BM, estas “são iniciativas muito importantes”, sobretudo nesta fase pandémica.

Neste período é muito importante, disponibilizarmos este tipo de documentos”, sublinhou a responsável, agradecendo ainda à edilidade por aceitar “a proposta desta plataforma que realmente vai resolver muitos problemas da BM”.

Condições de utilização do Press Reader

Os leitores inscritos na Biblioteca Municipal (BM) devem:

1. Aceder a https://www.pressreader.com/catalog

2. Clicar em Entrar

3. Selecionar Biblioteca ou grupos

4. Selecionar Biblioteca de S. João da Madeira

4. Inserir Código de Leitor e palavra passe (pin)

5. Entrar

Se ainda não está inscrito na BM, pode fazer um pré-registo no site em http://sjmadeira.bibliopolis.info/#Catalogo.Também pode solicitar uma ficha de inscrição através de email (biliotecamunicipal@cm-sjm.pt) ou telefone/telemóvel (256200890/962146410), a qual, depois de preenchida deve ser enviada por email ou entregue na Biblioteca (após prévia marcação) com cópia de documento que prove a identidade e comprovativo de residência.

Biblioteca Municipal terá “cerca de 16.000 leitores”

Entre a Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo e as bibliotecas escolares, haverá “cerca de 16.000 leitores inscritos”, número que “não será bem real, mas estará próximo disso”, esclareceu Graça Neves, dando nota que a equipa que coordena irá proceder à respetiva atualização.

Segundo Jorge Sequeira, estes dois novos serviços da Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo também têm como objetivo fazer regressar os antigos leitores à BM e atrair novos, sobretudo os mais jovens.

E por falar nos mais jovens, é sobretudo a pensar neles que a BM de S. João da Madeira tem Instagram (https://www.instagram.com/biblioteca.saojoaodamadeira/), “que tem estado ativo e vai estar cada vez mais ativo a divulgar as novidades”.

O autarca ainda fez questão de dizer que “a Biblioteca Municipal todas as semanas adquire publicações novas”. As mais recentes são, entre outras, “A Cidade de Vapor”, de Carlos Ruiz Zafón, e “Contágios”, de Jaime Nogueira Pinto, que o labor já divulgou oportunamente em edições anteriores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...