Quinta dos Lombos, 5 – Dínamo Sanjoanense, 4

Jogo no Pavilhão Desportivo dos Lombos.

Árbitros: Maurício Couto e Alexandre Costa.

Quinta dos Lombos: Paulo Pereira, Eddy, Bruno Vicente, Ivo Oliveira, Ludgero Lopes.

Suplentes: Zé Pedro, Gonçalo Sobral, Rafael Silva, Tiago Correia, Manuel Mesquita, Ilídio Pina, Rúben Santos.

Treinador: Jorge Monteiro.

Dínamo Sanjoanense: Babas, Xavier Moreira, Nando Costa, Diogo Tavares. Pedro Gomes.

Suplentes: Rui Capelas, Bruno Moreira, Careca, Valter Batista, João Carvalho, Emídio Baptista, Tiago Silva, Rúben Mateus, Pedro Sousa.

Treinador: Luís Almeida.

Ao intervalo: 2-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Diogo Tavares (14’), Tiago Silva (20’), Rúben santos (24’), Pedro Gomes (33’).

Marcha do marcador: 1-0 por Ludgero Lopes (6’), 2-0 por Ivo Oliveira (17’), 2-1 por Diogo Tavares (24’), 2-2 por Tiago Silva (29’), 3-2 por Ludgero Lopes (32’), 3-3 por João Carvalho (33’), 4-3 por Rúben Santos (37’), 4-4 por Valter Batista (38’), 5-4 por Ludgero Lopes (38’).

Depois da goleada (1-8) em casa na receção ao Quinta dos Lombos, na deslocação a Carcavelos, para o jogo da segunda volta, a história foi bem diferente e apesar do Dínamo não ter conseguido trazer os três pontos, o conjunto de S. João da Madeira realizou uma excelente exibição e manteve-se sempre na luta.

Não se esperava uma partida fácil para os visitantes e até foram os locais os primeiros a ameaçar, mas o Dínamo não demorou a inverter o sentido de jogo e passou a ser a equipa mais perigosa.

Com mais posse de bola, os homens de S. João da Madeira pareciam querer tomar conta do encontro, mas aos seis minutos sofrem um revés com o golo dos locais apontado por Ludgero.

A desvantagem não abalou os visitantes e se as oportunidades foram divididas, foi o Dínamo que nos momentos seguintes esteve mais perto de marcar. Se pouco depois Pedro Sousa atirou ao lado das redes de Paulo Pereira, já Rúben Santos negou o golo aos homens de S. João da Madeira quando numa jogada de pressão de Diogo Tavares sobre o guardião da casa, posicionado fora da área, a bola acabou desviada em direção à baliza.

A três minutos do intervalo, com o Dínamo a procurar sair para o ataque, Ivo Oliveira interceta um passe de Diogo Tavares e após combinação com Ludgero Lopes faz o segundo.

No regresso dos balneários o jogo manteve-se intenso e foi o Dínamo o primeiro a ameaçar. Na sequência de um pontapé de canto João Carvalho remata de primeira para a defesa incompleta de Paulo Pereira, que ainda desvia a recarga de Diogo Tavares enquanto Xavier Moreira, à boca da baliza, não acertou na bola.

A realizar uma excelente exibição, o golo dos visitantes parecia uma questão de tempo e aos 24 minutos Diogo Tavares materializa o que há muito o Dínamo ameaçava. Pouco depois, Tiago Silva, em combinação com Pedro Gomes, trazia justiça ao marcador com o empate a duas bolas.

A reação do Quinta dos Lombos não tardou e surgiu por intermédio de Ludgero Lopes, quando num ataque rápido Ilídio Pina atrasa para o camisola 10 que bisava, assim, na partida. Mas a vantagem não durou e no minuto seguinte Paulo Pereira nada pôde fazer para além de ver um forte remate de Joao Carvalho parar no fundo das redes.

O ritmo de jogo deixava antever uma partida discutida até ao fim e as equipas não desiludiram. A três minutos do final Rúben Santos volta a dar vantagem ao Quinta dos Lombos que, pouco depois, viu o Dínamo repor a igualdade na sequência de um pontapé cruzado de Valter Batista. Mas Ludgero Lopes acabaria por ser o carrasco dos homens de S. João da Madeira ao responder, de imediato, com o quinto dos locais.

Nos últimos dois minutos da partida o Dínamo lançou Nando Costa como guarda-redes avançado, mas o marcador não voltou a sofrer alterações, ainda que Xavier Moreira tenha visto um remate embater na trave a poucos segundos do fim.

No próximo sábado o Dínamo recebe o AD Fundão.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here