Empreendedorismo

0
135

São João da Madeira, tal como muitas outras cidades da Europa, para se armar, neste mundo cada vez mais globalizado, digital e tecnológico, em que a inovação está na mira das atenções, pela criação de valor acrescentado que contempla, tem de se preparar, diferenciar e liderar nas opções que toma para os próximos anos.

O CDS-PP ainda recentemente realizou discussões sobre as Grandes Opções do Plano com o seu parceiro de coligação PSD/CDS e referia a necessidade de se pensar mais além, nomeadamente sobre as questões que afetam diretamente o empreendedorismo.

Questões como a mobilidade, urbanismo, digitalização, inovação, ensino e formação, bem com a desburocratização de serviços e barreiras regulamentares são fraturantes e sensíveis, mas que devem ser abordadas e trazidas para a discussão de imediato.

Mobilidade – Fáceis acessos e rápidos, aos principais portos e/ou aeroportos do país, por rede viária e ferroviária (comboio ou metro de superfície), por forma a potenciar as acessibilidades de empresas nacionais e estrangeiras, ao nosso concelho.

Urbanismo – Promover a expansão dos polos industriais existentes, nomeadamente nas zonas limítrofes do concelho, por forma a poder aumentar as opções de oferta existente, potenciando a captação e domiciliação de investidores com investimentos inovadores.

Inovação – Criar um Polo Universitário com fortes ligações às Indústrias inovadoras, que promova parcerias com empresas de investigação, privilegiando o intercâmbio de estudantes e investigadores para partilha de conhecimentos, como forma de desenvolvimento do tecido empresarial.

Modernização das estruturas existentes e/ou criação de novas, mais adaptadas às realidades digitais, tecnológicas, ambientais, urbanísticas, mais inovadoras e funcionais, como forma de atrair novos players, para assim ser possível a criação de valor acrescentado, tirando para isso, partido dos Fundos Comunitários do Portugal 2030 que se encontram à nossa disposição.

Digitalização – Promover iniciativas que permitam a instalação de cobertura total do concelho, com rede 5G, por forma a aumentar a oferta de serviços de internet a velocidades elevadas, fiáveis e de melhor qualidade.

Apostar forte nos meios digitais, com a criação de uma revista online, de todos e para todos, que aumente a visibilidade, a divulgação e promoção das atividades culturais, turísticas, industriais e tecnológicas da cidade.

Serviços – apostar na descentralização digital e na desburocratização de serviços e barreiras regulamentares, relacionadas com licenças, licenciamentos, alvarás, autorizações, etc., tem que ser para já e não apenas uma visão de futuro.

Para que São João da Madeira se torne numa referência global, “temos de nos tornar apetecíveis”.

*Vice-presidente da Comissão Política Concelhia do CDS

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here