Breves da reunião de câmara

0
56
DR

Pesar A câmara aprovou por unanimidade dois votos de pesar. Um pelo falecimento de
Armando Tavares de Almeida, “empresário, pintor, dirigente associativo, que se notabilizou na nossa cidade pela forma como retratou, através da pintura, a nossa história, as nossas gentes e a evolução do nosso concelho”. E o outro pela morte de Arménio Alberto Marques, mais conhecido por Adé, desportista da Associação Desportiva Sanjoanense (ADS), membro da Assembleia de Freguesia, uma figura relevante e carismática da nossa cidade que se notabilizou pela atividade desportiva, pela entrega à ADS e pela forma como interagiu com todas as pessoas”. A autarquia endereçou ainda “as mais sentidas condolências” à família e amigos de ambos.
Ainda a propósito de Armando Tavares de Almeida, Paulo Cavaleiro (PSD/CDS-PP) sugeriu que o Município tome a iniciativa de preservar “os retratos de um tempo da nossa cidade que é uma memória importante” que o artista deixou.

Nomeação Paula Gaio salientou o facto de, no passado dia 25, o Conselho de Ministros ter
indicado o presidente da câmara de S. João da Madeira para assumir funções de membro efetivo no Congresso dos Poderes Locais e Regionais Europeus, organização com caráter consultivo que pertence ao Conselho da Europa.
Segundo a vereadora da Divisão de Ação Social e Inclusão, esta nomeação “é um facto que traz prestígio pelo trabalho autárquico desenvolvido [por Jorge Sequeira] e traz para S. João da Madeira importância e relevância no panorama
nacional e internacional”. O autarca sanjoanense agradeceu as palavras de Paula Gaio e ainda ao Conselho de Ministros pela “confiança que em mim depositou para exercer esse cargo e a confiança que também deposita no nosso Município”. “Isto só demonstra que, não obstante S. João da Madeira ser o concelho mais pequeno em território, tem a capacidade
para assumir estes lugares de representação”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...