“Hoje, mais do que nunca, a sociedade precisa de Rotary”

0
41

Dadas as circunstâncias pandémicas, a tradicional visita oficial do Governador do Distrito 1970, Sérgio Almeida, a S. João da Madeira foi feita no dia 27 de fevereiro por videoconferência através da qual fez um balanço da sua atividade e traçou metas para o futuro. A sessão contou com a presença de entidades oficiais, membros de 18 Clubes do Distrito, chegando a ultrapassar a meia centena, Clara Reis, presidente da Assembleia Municipal, e vereadoras da câmara Irene Guimarães e Paula Gaio.

Ao longo da sessão, usaram da palavra um representante dos clubes convidados, Alcides Sá Esteves, de Estarreja, a vereadora Irene Guimarães, em representação do presidente da câmara, e Peter Gay, em nome do clube dos jovens rotários, o Rotaract.

Todos enalteceram os grandes valores de Rotary: a fraternidade, o espírito de serviço à comunidade, a união na diversidade, a integridade e a valorização da liderança.

O presidente do clube sanjoanense, José Rocha, salientou os projetos que o clube tem vindo a promover como apoiar os profissionais e as instituições ligadas à saúde, patrocinar sete bolsas de estudo, atividades da Universidade Sénior por teleconferência, oferecer presentes de Natal aos jovens do Centro de Acolhimento e a 72 crianças englobadas nos cabazes de Natal da câmara, apoiar uma família de refugiados sudaneses e a reconstrução de instalações sanitárias a um casal vítima de AVC. Por concluir, mas em desenvolvimento estão a entrega de uma cadeira de rodas elétrica a uma utente do Lar da Misericórdia e a construção de uma casa para uma senhora inválida e carenciada.

José Rocha referiu ainda que a Universidade Sénior cedeu oito computadores portáteis ao Centro de Acolhimento para o ensino à distância e que há projetos “suspensos” devido à pandemia, como a Sopa Solidária, uma visita de crianças do C.A.T ao Zoo de Lourosa e o III Salão Internacional de Artes Plásticas. No seguimento do que é tradição, Jorge Miguel fez uma tela com o retrato do Governador a quem a mesma será entregue pessoalmente assim que for possível.

No uso da palavra, o Governador começou por saudar os presentes, clubes, convidados e jovens do Rotaract.  Seguidamente, lembrou que, em 2023, o clube sanjoanense vai fazer 60 anos, “idade bonita, feita de muito esforço e de muitas conquistas”. Ao longo da sua intervenção, Sérgio Almeida lembrou o lema deste ano rotário – “O Rotary abre oportunidades” – e abordou temas como o apoio às comunidades, sobretudo aos mais carenciados, a quem, neste momento de pandemia e confinamento, é necessário dar particular atenção. O Governador realçou ainda a iniciativa “Ensino para todos” que visa atribuir computadores a jovens e crianças que não têm meios parra os adquirir. 

A nossa fórmula continua bem viva, dar de si, antes de pensar em si, procurar sinais de esperança, dar sinais de afeto, encontrar soluções, porque, hoje, mais do que nunca, a sociedade precisa de Rotary”, concluiu Sérgio Almeida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...