Lá porque para alguns “começou a campanha eleitoral”, não vale tudo!

0
141

Os bichinhos do ouvido

fazem de conta que escutam

o que os bichinhos de conta

fazem de conta que contam

assim tudo corre bem

para uns e para outros

nem uns dizem que são mudos

nem os outros que são moucos

Alberto Pimenta

Demagogia política – diz-se de discurso ou ação que visa manipular as paixões e os sentimentos do eleitorado para conquista fácil de poder. Neste sentido, a demagogia é o contrário de argumentação que, na sua essência, visa apresentar ideias racionais e ponderadas sobre um tema, sem pretender enganar o povo.

O demagogo, no seu exercício político, tenta conquistar a simpatia das pessoas recorrendo à falácia e usando uma retórica que passa por verdadeira, e que por não se submeter ao contraditório leva as pessoas ao engano.

Vem isto a propósito de algumas armações que tenho lido e ouvido, e que pretendem atribuir ao executivo do PS responsabilidades no encerramento de duas fábricas de calçado que, por acaso, são parceiras do Turismo Industrial e, na mesma senda, responsabilidades pela transferência da fábrica da Molaflex e do centro de competências da Faurecia para fora do concelho.

Sabendo que, infelizmente, fecharam outras fábricas de calçado na cidade, penso que o facto de terem sido nomeadas aquelas que coincidentemente faziam parte do circuito do turismo deixa entender que só por este facto o Município teria responsabilidades acrescidas.

A questão é então a seguinte: seria expectável que o atual Presidente da Câmara e os seus vereadores fossem, por aí fora, vender sapatos para ajudar as fábricas do Turismo Industrial? Ou, deveria o Município injetar dinheiro especificamente nestas fábricas?

É que, em bom rigor, não tenho conhecimento que pelo facto de uma fábrica ser um parceiro do Turismo Industrial tal estatuto resulte numa responsabilidade acrescida para o município ao nível da sobrevivência das próprias.

No caso da transferência da Molaflex e do CC da Faurecia, desconheço que tipo de ação podia o Município ter tomado para impedir tal situação.

Como leigo que sou, parto do princípio que se trata de atos de gestão da inteira responsabilidade e discricionariedade de quem manda nas empresas. Eventualmente, a atribuição de benefícios fiscais especiais poderia ter feito a diferença. E fazendo, seria legítimo perguntar se o Município tentou, por esta via, impedir a saída destas empresas de S. João da Madeira.

Pelo que li, o Presidente da Câmara deu uma explicação aos vereadores da oposição que, aparentemente, não foi suficiente.

Assim importa perguntar: o que fizeram estes vereadores enquanto legítimos representantes dos sanjoanenses? O simples facto de não terem pelouros atribuídos não os isenta de ativamente participarem na vida do Concelho. Foi para isso que foram eleitos.

Abordaram as administrações das empresas em causa? Tomaram conhecimento de quais eram as condições exigidas para se manterem no nosso concelho? Munidos destas informações, questionaram o executivo da razão pela qual as exigências não foram satisfeitas? E qual foi a resposta que obtiveram? Ou devo concluir que nada disto foi feito?

Se nada disto foi feito então qual é posição da oposição? Não foi feito por incompetência? Por laxismo? Ou por tática política para agora se reservarem o direito de usar este facto como arma de arremesso na política partidária?

Seja qual for a razão, estamos sem dúvida perante uma ação ou inação que não abona em nada os interesses da oposição.

Casa da Memória versus Centro de Memória Industrial 

Foi com enorme surpresa que li a notícia que o executivo camarário vai avançar com o centro de memória industrial em detrimento da prometida Casa da Memória. Já aqui escrevi sobre este assunto, que considero de relevância para a cidade. Tendo uma posição clara relativamente ao tema irei reservar essa opinião enquanto aguardo pela reação da oposição… embora não me custe a acreditar que optará pelo silêncio, uma vez que o Turismo Industrial parece ser o único emblema que o anterior executivo pode usar na lapela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...