Na reunião de câmara do dia 16 de março, além de uma testagem à Covid-19 mais abrangente, Paulo Cavaleiro defendeu um plano de desconfinamento municipal e mais apoio à economia local, não deixando de lamentar a “inação” da maioria socialista que compõe o executivo.

O vereador da coligação PSD/CDS-PP disse mesmo que “gostava de ter visto hoje S. João da Madeira na televisão, mas vi o município de Tondela”, onde “todos os professores e colaboradores” foram testados antes do regresso às aulas presenciais. “Gostava de estar nos concelhos que têm iniciativa de fazer diferente e melhor”, reforçou a ideia Paulo Cavaleiro, para quem “aparecer na TV por boas razões é sempre positivo”.

A câmara não está a nadar em dinheiro

Opinião diferente tem Jorge Sequeira e partilhou-a com quem o estava a ver e a ouvir por videoconferência: “A nossa vontade nunca é aparecer na televisão, nos jornais nem fazer disto um concurso ou uma competição entre câmaras. O nosso critério é aplicar em cada momento as medidas adequadas, necessárias e razoáveis”.

Em resposta, o autarca ainda recordou as várias medidas socioeconómicas que têm vindo a ser tomadas desde o início do combate à pandemia e assegurou que “os recursos que temos estão a ser geridos com muito rigor para não deixarmos descalço nenhum outro setor”. Até porque, “a câmara não está a nadar em dinheiro”, avisou.

Minutos depois, pediu a palavra o “vice” da autarquia, mas apenas para “reforçar” a intervenção do presidente. Em seu entender, “vir falar de outros concelhos [como faz Paulo Cavaleiro] não diz absolutamente nada”. “Não queremos ser propagandistas, anunciar por anunciar, não queremos apenas ser inovadores queremos trazer resultados e trazer eficácia”, “atirou” José Nuno Vieira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...