Vacinação: esta será uma das palavras que vai marcar duplamente a história deste mandato autárquico.

Primeiro, por opção política, porque a Câmara Municipal de S. João da Madeira decidiu pagar a vacina contra o rotavírus aos recém-nascidos no concelho a partir de 1 de janeiro de 2018. Uma vacina que o Programa Nacional de Vacinação não contempla, ainda que seja recomendada como importante para a saúde e o bem-estar das nossas crianças.

Este Programa Municipal de Apoio à Vacinação Infantil é uma das medidas mais ímpares e que mais pode orgulhar a governação municipal socialista. Pela sua pertinência, sensibilidade e igualdade, pois abrange todas as famílias sanjoanenses que tenham filhos, independentemente da situação financeira. Até ao momento, já protegeu 300 crianças, momento que a autarquia recentemente assinalou.

Segundo, por missão e proatividade, porque a Câmara Municipal tem desempenhado um trabalho absolutamente notável no combate à pandemia.

A mais recente ação da autarquia foi na montagem do Centro Municipal de Vacinação para a Covid-19, na Oliva Creative Factory, em articulação com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACeS) Aveiro Norte, onde já foram vacinadas mais de 5.000 pessoas.

Dois momentos cruciais, registados em duas fotografias que ficam para a história. A primeira, de julho de 2018, retrata o momento de assinatura dos protocolos com as farmácias da cidade, para que os bebés sanjoanenses pudessem receber gratuitamente a vacina contra o rotavírus. A segunda, de fevereiro de 2021, regista a vistoria final ao Centro Municipal de Vacinação para a Covid-19, pelo presidente Jorge Vultos Sequeira, a delegada de Saúde, Sofia Rocha, e a presidente do Conselho Clínico do ACeS Aveiro Norte, Vera Costa. No dia seguinte, começavam aqui a ser administradas as primeiras vacinas.

DR

Separadas por três anos, estas fotografias representam o muito que o nosso mundo mudou e, com ele, todos nós. Todavia, em simultâneo, é evidenciado que a convicção, o sentido de missão e de serviço público desta Câmara e do seu presidente, Jorge Vultos Sequeira, se mantêm inabaláveis. E, afinal, é isso mesmo que todos desejamos que um líder represente: seja em que contexto for, no pior dos cenários imagináveis, ser capaz de dirigir com mestria e solidariedade, com sensibilidade e objetividade, ajudando a recriar a esperança num futuro melhor e sem deixar ninguém para trás.

       

Leonardo Silva Martins,

Deputado Municipal eleito pelo Partido Socialista

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...