AD Sanjoanense, 0 – Valadares FC, 1

Jogo no Estádio Conde Dias Garcia.

Árbitro: Pedro Ferreira, auxiliado por Nuno Freitas e José Pereira (AF Braga).

AD Sanjoanense: Diogo Almeida, Aldair, Rúben, Godinho, Gil Barros (Jota, 51’), Barbosa (Sandro, 80’) George, Sam (Danso, 59’), Nonato (Paulinho, 59’), Élder Santana, Márcio Machado (Márcio Machado, 80’).

Suplentes: Rui Mota, Sandro, Jota, Jean, Mário Correia, Danso, Paulinho.

Treinador: Sérgio Machado.

Valadares FC: Pedro Carvalho, Diogo Sousa, Kesley (Pereirinha, 84’), Jacob, Fábio Vieira, Midana (Jimmy, 90’+2’), Didi, George (Tanko, 72’), Thiago Silva (Nilo, 72’), Celsinho. Tomazi.

Suplentes: Rui, Lotito, Jimmy, Zé Gomes, Pereirinha, Tanko, Nilo.

Treinador: André Ribeiro.

Ao intervalo: 0-0.

Cartão amarelo para Barbosa (23’), Godinho (82’), Kisley (84’), George (89’), Pereirinha (90’).

Marcador: Pereirinha (90’).

Com a primeira etapa do campeonato perto do fim, Sanjoanense e Valadares chegavam a este encontro colados na classificação e de olhos nos três pontos. Se para os alvinegros o triunfo garantia a presença na fase de acesso à Liga 3, já a formação visitante precisava de vencer para poder continuar a sonhar com o mesmo objetivo. E foi com isso em mente que a equipa de André Ribeiro se apresentou em S. João da Madeira. Bem organizados, tanto no ataque como defensivamente, os visitantes assumiram cedo o comando da partida perante uma Sanjoanense algo apática e, muitas das vezes, com dificuldade para controlar a bola e sair ao ataque.

Não foi por isso de estranhar que o primeiro sinal de perigo surgisse do lado forasteiro quando aos oito minutos, num cruzamento de George para o interior da pequena área, Diogo Almeida negou por duas vezes o golo a Kisley.

Numa tarde pouco produtiva para os jogadores de Sérgio Machado, o guardião alvinegro acabaria por ser o homem em destaque na equipa da casa, e pouco depois afastava o perigo num novo confronto com o atleta cabo-verdiano.

Apesar de algumas dificuldades para se aproximar da baliza contrária, a Sanjoanense tentava responder ao ritmo e jogo do Valadares e pouco antes do primeiro quarto de hora Barbosa atirava fraco para uma defesa tranquila de Pedro Carvalho, naquele que seria praticamente o único remate enquadrado com as redes visitantes, já que em cima do intervalo Sam também tentou a sorte, mas o pontapé saiu muito ao lado.

O jogo não sofreu grandes alterações no regresso dos balneários. O Valadares voltou a entrar melhor e logo nos momentos iniciais Midana atirava para uma defesa fácil de Diogo Almeida, mas ficava o aviso que a equipa de Vila Nova de Gaia estava apostada na conquista dos três pontos.

Com dificuldade para criar lances de ataque, a partida parecia complicada para os homens de Sérgio Machado, que aos 51 minutos foi obrigado a lançar Jota após a lesão de Gil Barros. Mas a mudança, ainda que forçada, não trouxe grandes alterações a um jogo onde o Valadares estava melhor. Élder Santana ainda tentou chegar ao golo com um remate cruzado, para uma defesa tranquila de Pedro Carvalho, mas perante as dificuldades em pegar no jogo e criar perigo o técnico alvinegro acabaria por mexer na estrutura da equipa. Se aos 59 minutos o treinador colocou em campo Danso e Paulinho, aos 80 lançava também Sandro e Mário Correia. A Sanjoanense melhorou e aos poucos foi subindo no terreno de jogo, mas o domínio continuava a pertencer ao Valadares, que em cima do tempo regulamentar acabaria por fazer estragos. Pereirinha, que minutos antes saiu do banco para o lugar de Kesley, avançou pelo centro do terreno e já dentro da área tirou cinco homens da frente e atirou para o fundo das redes, impondo à Sanjoanense a segunda derrota da época, e a primeira em casa, quando faltam duas jornadas para o final da primeira fase. Com dois jogos por disputar, os alvinegros mantêm a quinta posição, mas viram o Valadares aproximar-se, ficando a apenas dois pontos. O campeonato sofre agora uma paragem, regressando a 3 de abril com a Sanjoanense a deslocar-se ao recinto do Canelas 2010, atual terceiro classificado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...