Sporting CP, 6 – AD Sanjoanense, 1

Jogo no Pavilhão João Rocha.

Árbitro: João Duarte (AP Lisboa).

Sporting CP: Cláudio Vicente, Sofia Moncóvio, Inês Arrais, Ana Catarina Ferreira, Rute Lopes.

Suplentes: Inês Caldeira, Adriana Costa, Margarida Florêncio, Inês Florêncio, Rita Lopes.

Treinador: Nuno Pinto.

AD Sanjoanense: Catarina Viola, Ana Rita Couto, Inês Ferreira, Joana Rodrigues, Renata Balonas.

Suplentes: Daniela Pereira, Daniela Silva, Bárbara Marques, Dora Martins, Sara Fernandes.

Treinador: Jorge Moreira.

Ao intervalo: 3-0.

Cartão azul para Daniela Pereira (36’).

Marcadoras: Rute Lopes (4’, 25’, 46’), Ana Catarina Ferreira (15’), Rita Lopes (24’), Inês Florêncio (35’), Inês Ferreira (38’).

Faltas: Sporting CP, 8 | AD Sanjoanense, 2.

A Sanjoanense perdeu na deslocação a Lisboa para defrontar o Sporting, mas mantém-se na terceira posição. A formação de Alvalade, que continua na perseguição ao líder Benfica, não encontrou grandes dificuldades frente ao conjunto que viajou de S. João da Madeira e ao intervalo já vencia por 3-0. Na segunda parte o jogo não sofreu grandes alterações, com a Sanjoanense a chegar ao único golo apenas nos momentos finais do encontro.

O Sporting entrou em campo como favorito e não tardou a impor esse estatuto. Com pouco mais de um minuto de jogo Catarina Viola já tinha sido chamada a intervir por três vezes, mas pouco depois nada pode fazer para travar o remate de Rute Lopes que, sem oposição, não teve dificuldades em desviar para o fundo das redes a assistência da irmã Rita Lopes.

O Sporting controlava o jogo e aos 15 minutos Sofia Moncóvio afinava a pontaria, mas seria Ana Catarina Ferreira, momentos depois, a fazer segundo com um remate de meia distância.

Praticamente em cima do intervalo Rita Lopes contribuía para a vantagem de 3-0 com que a equipa leonina chegava ao descanso.

Na segunda parte as locais mantiveram o domínio e a etapa complementar começou praticamente como a primeira terminou, com mais um golo do Sporting, com Rute Lopes, na sequência de uma boa jogada individual, a bisar na partida.

Cerca de 10 minutos volvidos Inês Florêncio, assistida por Rita Lopes, ampliava a vantagem para cinco golos. Pouco depois o azul mostrado à guardiã Daniela Pereira deixava a Sanjoanense temporariamente em inferioridade numérica e dava ao Sporting a possibilidade de ampliar a vantagem de grande penalidade. De regresso à baliza Catarina Viola negou o golo a Ana Catarina Ferreira, que pouco depois viu a colega Inês Florêncio enviar uma bola ao ferro.

A 12 minutos do fim Inês Ferreira apontava o único golo das alvinegras, resultado de um penalty, mas já perto do final o Sporting voltava a festejar, com o terceiro de Rute Lopes, que depois de tirar uma adversária da frente e em posição frontal, atirou para o fundo das redes e fixou o resultado final.

Apesar deste desaire, a Sanjoanense mantém-se na terceira posição, com os mesmos pontos (10) que a Académica de Coimbra, que ocupa o quarto lugar.

No próximo domingo as alvinegras têm mais uma deslocação a Sul para defrontar o Vilafranquense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...