O presidente Jorge Sequeira espera que esta ação sirva de “exemplo para que outras entidades e organizações adotem medidas semelhantes para valorizar o trabalho”

 

A Câmara Municipal de S. João da Madeira aderiu ao programa nacional “3 em Linha” que tem como objetivo promover um maior equilíbrio entre a vida pessoal, profissional e familiar. Assim como contribuir para o bem-estar, a qualidade de vida e a satisfação geral dos trabalhadores.

As medidas de conciliação dividem-se nos domínios de boas práticas laborais, serviços e benefícios, e apoio profissional e desenvolvimento pessoal. Das 15 medidas divididas pelos três domínios, algumas delas já têm vindo a ser implementadas pela câmara. Por exemplo, o alargamento do horário de atendimento ao público com o funcionamento do serviço durante a hora de almoço; a pausa ativa para a prática de exercício; e a autorização para levar o animal de companhia para o local de trabalho quando for possível.  As medidas previstas neste pacto de conciliação estão previstas no acordo que vai ser celebrado entre a câmara municipal e o STAL – Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional.

“A Câmara Municipal como entidade patronal tem a responsabilidade de proporcionar boas condições de trabalho e de estar na linha da frente no que diz respeito às boas práticas de políticas laborais”, disse o presidente Jorge Sequeira na sessão de apresentação deste programa à comunicação social que decorreu esta segunda-feira no salão nobre.

As medidas de conciliação pretendem “fomentar boas práticas laborais, proporcionar aos trabalhadores acesso a serviços e benefícios em condições vantajosas e, por último, apoiar no desenvolvimento pessoal e profissional de cada um”, explicou a vereadora Paula Gaio, que integra a equipa interna de gestão da conciliação, criada neste âmbito.

O presidente espera que esta ação por parte da câmara sirva de “exemplo para que outras entidades e organizações adotem medidas semelhantes para valorizar o trabalho e trabalhadores”.

Medidas de Conciliação

Boas práticas laborais: diversificação na organização dos tempos de trabalho; adoção do regime de teletrabalho; alargamento do horário de funcionamento (abertura à hora do almoço); pausa ativa (exercício físico); digital break (restringir horário de envios de emails); realização de eventos de convívio para assinalar datas festivas (como é feito por exemplo no Natal); dispensa de serviço no dia de aniversário sem perda de remuneração; e direito de trazer animal de estimação para o local de trabalho.

Serviços e benefícios: cartão aniversário (com entradas para as piscinas, os museus do Calçado e da Chapelaria e o Centro de Arte Oliva); concerto municipal (para todos funcionários da câmara protagonizado por coletividade da terra); e parcerias com serviços de interesse para os trabalhadores.

Apoio profissional e desenvolvimento pessoal: ações formativas, seminários e workshops; iniciativas sobre matérias de conciliação; ações sobre voluntariado; e Banco Local de Voluntariado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...