Esta é a primeira vez que o protagonismo da candidatura fica entregue a um nome da estrutura centrista

Tal como labor noticiou na última edição, João Almeida vai concorrer pela coligação PSD/CDS-PP à presidência da Câmara Municipal de S. João da Madeira.

As concelhias e as distritais dos partidos aprovaram por unanimidade a escolha do candidato. A confirmação oficial viria a ser dada ao fim da tarde desta terça-feira depois da Comissão Distrital Social-Democrata ter estado reunida, onde o nome não só colheu unanimidade, como também aclamação, segundo comunicado enviado pelo PSD local.

Ao labor, João Almeida disse ser “uma honra muito grande” ter sido escolhido pelos dois partidos para liderar este “desafio abraçado com muito empenho e convicção”. O candidato vai trabalhar com o PSD e o CDS-PP para “apresentar um projeto com a dinâmica e a vida que a cidade de S. João da Madeira merece”.

“Ao escolhermos para nos representar uma personalidade do CDS-PP não só valorizamos o trabalho conjunto que os dois partidos têm feito, em S. João da Madeira, nos últimos anos, como escolhemos aquele que consideramos um dos melhores políticos sanjoanenses”, afirmou Susana Lamas, presidente do PSD.

Já Manuel Correia, homólogo do CDS-PP, referiu que o candidato “assegura a proximidade aos assuntos da cidade ao mesmo tempo que garante a dimensão nacional que pode dar aos mesmos. Seja como dirigente associativo no concelho, seja como secretário de Estado no Governo ou como deputado à Assembleia da República. É impossível avaliar o seu desempenho sem reconhecer a importância que deu a S. João da Madeira em cada uma dessas funções”.

Esta é a primeira vez que o protagonismo da candidatura fica entregue a um nome da estrutura centrista. A última vez que os partidos concorreram juntos à câmara de S. João da Madeira foi em 2017 com Paulo Cavaleiro como cabeça de lista. Um ano antes PSD e CDS-PP uniram forças para vencer as eleições intercalares com o candidato Ricardo Figueiredo, depois do PSD ter perdido a maioria nas eleições autárquicas de 2013.

O jurista com origens familiares e residência em S. João da Madeira é agora a escolha dos dois partidos para liderar a corrida à câmara municipal e tentar destronar o PS.

João Almeida tem 44 anos, é licenciado em Direito e mestre em Economia e Políticas Públicas.Foi deputado de 2009 a 2013 na Assembleia Municipal de S. João da Madeira e desempenhou, pela primeira vez, de 2002 a 2005, o cargo de deputado à Assembleia da República. O mesmo cargo viria a ser desempenhado de 2009 até 2013. Foi secretário de Estado da Administração Interna no governo formado por PSD e CDS-PP. João Almeida voltou a ser eleito deputado nas eleições legislativas de 2015 e de 2019. Enquanto deputado integrou várias comissões de trabalho. Atualmente, o sanjoanense é presidente do Conselho Fiscal da Associação Desportiva Sanjoanense. Foi secretário-geral do CDS-PP, vice-presidente do Grupo Parlamentar do partido, porta-voz do partido e presidiu a Juventude Popular, da qual é atualmente presidente honorário. Em 2019 disputou a liderança do partido a nível nacional, mas viria a perder a eleição para Francisco Rodrigues dos Santos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...