UD Vilafranquense, 0 – AD Sanjoanense, 1

Jogo no Pavilhão Dr. José Mário Cerejo, Vila Franca de Xira.

Árbitro: José Nave (AP Lisboa).

UD Vilafranquense: Sandra Coelho, Irina Melício, Rita Batista, Beatriz Alves, Margarida Alves.

Suplentes: Marta Rosa, Índia Ferro, Marta Marujo, Rute Coelho, Margarida António.

Treinador: Rui Marujo.

AD Sanjoanense: Catarina Viola, Ana Rita Couto, Inês Ferreira, Joana Rodrigues, Renata Balonas.

Suplentes: Daniela Pereira, Daniela Silva, Bárbara Marques, Dora Martins, Sara Fernandes.

Treinador: Jorge Moreira.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadora: Inês Ferreira (49’).

Faltas: UD Vilafranquense, 11 | AD Sanjoanense, 7.

A Sanjoanense garantiu mais três pontos com a vitória em Vila Franca de Xira e isolou-se na terceira posição, mas o triunfo das alvinegras só foi conseguido a cerca de 30 segundos do fim com um golo solitário.

Com uma primeira parte dividida, foi às locais que pertenceu a primeira oportunidade de golo. Com quatro minutos uma interceção de Irina Melício levava perigo à baliza de Catarina Viola, mas seria Rita Batista, momentos depois, a desperdiçar uma excelente ocasião para inaugurar o marcador. Na marcação de uma grande penalidade a atleta da casa atirou forte, mas ao ferro.

O jogo estava dividido e já perto do intervalo Renata Balonas, a passe de Sara Fernandes, testava a atenção de Sandra Coelho, tal como Beatriz Alves, que pouco depois obrigou a uma intervenção atenta de Catarina Violas, mas o descanso chegava com o nulo no marcador.

Na segunda parte o ritmo de jogo foi mais intenso, com a Sanjoanense, claramente, a querer tomar conta da partida. Aos seis minutos Renata Balonas, depois de uma investida de ponta a ponta, atira para defesa da guardiã local, enquanto Bárbara Marques, na recarga, rematou ao lado.

Com o encontro a aproximar-se do fim, o jogo ganhou praticamente apenas um sentido. A Sanjoanense dominava, mas deparava-se com algumas dificuldades na finalização.

Se a sete minutos do final Renata Balonas viu Sandra Coelho desviar um remate de meia distância, pouco depois Inês Ferreira fez melhor e desfeiteou a guarda-redes na cobrança de um livre a castigar a décima falta do Vilafranquense, mas o remate saiu ao ferro. Com pouco tempo para jogar, a Sanjoanense parecia perto do golo, que acabaria por surgir a cerca de 30 segundos do fim com Ana Rita Couto, que momentos antes também enviou uma bola ao ferro, a assistir Inês Ferreira, que à entrada da baliza só teve que desviar para o fundo das redes.

Com este triunfo, e beneficiando da derrota da Académica de Coimbra frente ao Sporting, a Sanjoanense consolidou-se na terceira posição.

Na próxima jornada, agendada para 11 de abril, as alvinegras recebem o Benfica.

Loading Facebook Comments ...

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here