A PSP acaba de apresentar a Tribunal um homem residente em S. João da Madeira, acusado de agredir a sua mulher com duas bofetadas. O acto violento terá ocorrido na sequência de uma discussão entre o casal.

À saída do Tribunal onde foi presente ao juiz, o arguido declarou à nossa reportagem: Pratiquei ofensas corporais simples porque a minha mulher praticou ausências corporais graves, e a isso ninguém liga!”.

O nosso jornal conseguiu chegar à fala com a vítima ofendida, que por sua vez declarou que a discussão começou porque o meu marido me disse que se queria comportar na intimidade com a força de um touro, e eu decidi que era bom começar por lhe oferecer um par de chifres. Quando ele soube, e sem razão aparente, deu-me um par de chapadas, o bruto!”.

O episódio de violência doméstica está em vias de ser resolvido com a separação do casal. A mulher, atenta a sua experiência taurina foi viver para Salvaterra de Magos onde assumiu o cargo de relações púbicas num grupo de forcados.

O arguido, por sua vez, foi libertado apenas com termo de identidade e residência uma vez que o juiz de instrução considerou que o mesmo era manso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...