Futsal Azeméis, 2 – Dínamo Sanjoanense, 1

Jogo no Pavilhão Municipal de Oliveira de Azeméis.

Árbitros: Maurício Couto e Tiago Silva.

Futsal Azeméis: Gerson Pinho, Tiago Sousa, Batata, Ruan Silvestre, Tom.

Suplentes: Ricardo Moreira, Rúben Freire, Emerson Ribeiro, Hélder Ferreira, Pedrinho, Leandro Rodrigues, Bebé.

Treinador: Ricardo Canavarro.

Dínamo Sanjoanense: Rui Capelas, Xavier Moreira, Valter Batista, Nando Costa, Pedro Sousa.

Suplentes: Miguel Isolino, Bruno Moreira, Careca, Diogo Tavares, Emídio Baptista, Pedro Gomes, Tiago Silva, Rúben Mateus.

Treinador: Luís Almeida.

Ao intervalo: 1-0.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Hélder Ferreira (9’), Batata (12’), Ruan Silvestre (14’), Diogo Tavares (15’), Tom (26’), Valter Batista (34’),
Marcadores: Rúben Freire (17’), Ruan Silvestre (25’), Nando Costa (37’).

Num jogo importante para o Futsal Azeméis, o Dínamo Sanjoanense complicou o trabalho aos homens de Ricardo Canavarro, que só no final do encontro puderam suspirar de alívio.

À procura de chegar cedo à vantagem e a alguma tranquilidade, foi um Futsal Azeméis pressionante que entrou em campo começando cedo a incomodar o guardião Rui Capelas. E se aos dois minutos Tiago Sousa afinava a pontaria com uma bola ao poste, momentos depois Tom via o guardião visitante negar-lhe o golo na sequência de um contra-ataque.

Apesar de algum desacerto na finalização, era a equipa de Oliveira de Azeméis que controlava o jogo, mas aos poucos o Dínamo Sanjoanense foi equilibrando a partida e as ameaças às redes à guarda de Gerson Pinho acabariam mesmo por surgir e de rajada. Em cerca de cinco minutos o guardião local negou o golo a Tiago Silva e Xavier Moreira, viu Diogo Tavares atirar por cima da trave e Nando Costa, na sequência de um livre, a enviar a bola ao poste.

Depois do primeiro quarto de hora, uma série de lances de perigo do Futsal Azeméis pareciam deixar a equipa da casa mais perto do golo, que Rui Capelas foi adiando até aos 18 minutos, altura em que Rúben Freire, numa combinação com Tom, rematou cruzado ao segundo poste para o fundo das redes, resultado com que se chegaria ao intervalo.

No regresso dos balneários os homens de Ricardo Canavarro entraram à procura do segundo e foi Rui Capelas que o impediu logo nos minutos iniciais desviando o pontapé de Tom e a recarga de Bebé. O Dínamo também esteve perto da igualdade, não fosse o remate de Valter Batista à trave, mas seria o Futsal Azeméis a ampliar a vantagem. Com quatro minutos de jogo Ruan Silvestre aproveita uma perda de bola de Diogo Tavares para fazer o segundo dos locais.

Sem desistir, o Dínamo tentou reagir aos dois golos de desvantagem e apesar das ocasiões de perigo dos locais os homens de Luís Almeida acabariam por ver o esforço recompensado a três minutos do fim. Sem nada a perder o técnico sanjoanense apostava no 5×4 e é precisamente Nando Costa, a jogar como guarda-redes avançado, que reduz a diferença com um remate em posição frontal.

O jogo estava quase no fim, mas o Dínamo acreditava na igualdade e esteve perto de a conseguir já perto do apito final, não fosse Gerson Pinho negar o golo a Valter Batista.

Na próxima jornada, agendada para 17 de abril, o Dínamo Sanjoanense recebe o Candoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...