AD Sanjoanense, 0 – SL Benfica, 4

Jogo no Pavilhão da Associação Desportiva Sanjoanense.

Árbitro: José Mendes (AP Aveiro).

AD Sanjoanense: Catarina Viola, Ana Rita Couto, Inês Ferreira, Joana Rodrigues, Renata Balonas.

Suplentes: Daniela Pereira, Bárbara Marques, Dora Martins, Sara Fernandes.

Treinador: Jorge Moreira.

SL Benfica: Maria Celeste Vieira, Marlene Sousa, Florência Felamini, Beatriz Figueiredo, Maria Sofia Silva.

Suplentes: Macarena Ramos, Maria Inês Severino, Agustina Fernández, Catarina Pedro.

Treinador: Paulo Almeida.

Ao intervalo: 0-4.

Marcadoras: Beatriz Figueiredo (9’), Maria Sofia Silva (10’ e 30’), Marlene Sousa (12’).

Faltas: AD Sanjoanense, 14 | SL Benfica, 11.

A Sanjoanense perdeu frente ao SL Benfica num jogo onde, apesar de tudo, as alvinegras estiveram melhor do que na jornada anterior, onde foram surpreendidas, em casa, pelo Vilafranquense.

Na receção ao candidato ao título, o conjunto orientado por Jorge Moreira entrou concentrado, mas do lado contrário estava um adversário invicto no campeonato e que procurava manter esse registo em S. João da Madeira. Não foi por isso de estranhar que a primeira ocasião de perigo pertencesse ao Benfica, quando com pouco mais de um minuto de jogo Florência Felamini enviou a bola ao ferro da baliza à guarda de Catarina Viola.

As águias estavam por cima no jogo perante uma Sanjoanense que em contra-ataque ia criando algum perigo, mas aos nove minutos as atletas de Paulo Almeida complicam o já difícil trabalho das locais. Beatriz Figueiredo, servida por Marlene Sousa, tira uma adversária da frente e em posição frontal atira para o fundo das redes.

A Sanjoanense não se intimidou e respondeu de imediato, com um remate à meia volta de Joana Rodrigues à figura de Maria Celeste Vieira. Mas uma perda de bola momentos depois acabaria por ser fatal para as atletas de Jorge Moreira, com Maria Sofia Silva a lançar-se isolada no ataque, batendo Catarina Viola pela segunda vez em pouco mais de um minuto.

A Sanjoanense acabaria por beneficiar de uma excelente oportunidade para reduzir a desvantagem de grande penalidade, mas Inês Ferreira não conseguiu bater a guardiã encarnada.

Quem não desperdiçou foi Marlene Sousa, que aproveitou um desarme a uma adversária em zona proibida para fazer o terceiro do SL Benfica, resultado que se manteria até ao intervalo.

No regresso dos balneários as alvinegras tentaram surpreender as visitantes, mas com cinco minutos de jogo Maria Sofia Silva desvia para o fundo das redes um passe de Marlene Sousa vindo de trás da baliza e deixava ainda mais complicada a tarefa das locais.

Apesar dos 20 minutos de jogo pela frente, o marcador não voltaria a sofrer mais alterações, ainda que ambos os conjuntos tenham beneficiado de um livre direto a castigar a décima falta das equipas.

A Sanjoanense mantém-se na terceira posição e no próximo domingo tem uma excelente oportunidade para regressar aos triunfos com a deslocação ao recinto do último classificado, o Carvalhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...