“Bradar às Flores” é o nome da exposição com mais de 50 obras de estudantes da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto cuja inauguração teve lugar no dia 28 de abril no Espaço AL859, sito na Rua da Alegria, nº859, no Porto.

A exposição está a ser dinamizada pelos estudantes Inês Leal (sanjoanense e ex-estudante da Escola Secundária João da Silva Correia), por António Castro, por Beatriz Teixeira e por Bruno Barros. Com o apoio da Associação de Estudantes, presidida por Leonor Barbosa, e por aqueles que ocupam o AL859, Matilde Ribeiro, esta equipa procurou e reformulou o espaço. “Bradar às Flores” surge da ausência de espaço cedido à criação artística emergente e pode ser visitada nos dias 29 e 30 de abril e entre os dias 3 e 5 de maio.

Este projeto, intitulado “O 25 urgente da Turquia”, é uma recriação do jornal português “República“, que, em pleno Estado Novo, lutava contra e denunciava a ditadura salazarista, sendo assim, alvo de censura exercida pela PIDE. “Por um lado, esta recriação pretende criar um paralelismo entre a realidade atual da Turquia, com a de um país há 45 anos que se encontrava sob um regime ditatorial. Por outro lado, a minha motivação principal na escolha desta capa, datada a 25 de abril de 1974, foi o valor simbólico que esta carrega: a de Revolução, Mudança e Esperança. Com o intuito de despertar sensibilidades e fomentar empatia pela realidade da Turquia e revelar a ânsia e a necessidade desta Revolução, Mudança e Esperança ser transportada para este país”, explicou Inês Leal, acerca da obra com que se apresentou em exposição, ao labor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...