DR

Conclusão da empreitada prevista para julho 

Encontram-se em fase de execução as obras de qualificação do Lar São Manuel, da Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira (SCMSJM), designadamente através da instalação de um sistema contra incêndios, e da melhoria da eficiência energética do complexo social principal desta instituição, com um projeto de centralização das cozinhas.

Tratando-se de uma empreitada com comparticipação comunitária do Programa Operacional Norte 2020, cujo montante foi assegurado pelo Município no quadro da Área Metropolitana do Porto, o presidente da câmara, Jorge Sequeira, e a vereadora da Divisão de Ação Social, Paula Gaio, deslocaram-se recentemente ao local, tendo sido recebidos pelo diretor de serviços da SCMSJM, Vítor Gonçalves, refere comunicado camarário enviado ao nosso jornal.

Nova cozinha permitirá a confeção de 850 refeições por dia

O financiamento europeu para executar estes dois projetos é de cerca de 382 mil euros, sendo o custo global superior a meio milhão de euros. A Misericórdia ficará assim equipada com uma cozinha capaz de confecionar 850 refeições por dia e com elevados níveis de eficiência energética, quer ao nível do edificado, quer ao nível de toda a maquinaria que irá equipar esta unidade.

Sobre a instalação de um novo sistema de deteção e de prevenção face a incêndios, além de contemplar intervenções no interior dos edifícios da Santa Casa, dará origem à criação de duas escadas de emergência de exterior. Prevê-se que todos estes trabalhos estarão finalizados em julho, com o início da utilização da nova cozinha a acontecer a partir de setembro.

Os edifícios do Ninho da Criança, da Creche Albino Dias Fontes Garcia, e da Cerci de S. João da Madeira são outros dois edificados de instituições de cariz social do concelho que, no âmbito deste programa de financiamento europeu, também estão a proceder a projetos de requalificação de eficiência energética, estando a intervenção no Ninho da Criança perto da sua conclusão.

No total, a autarquia assegurou cerca de 700 mil euros para estas três instituições particulares de solidariedade social sanjoanenses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...