A equipa de juniores B da APROJ redimiu-se do desaire do primeiro jogo frente ao CD Foz e na receção à formação do Porto venceu por uns esclarecedores 3-1.

As atletas de S. João da Madeira entraram em campo com postura e atitude e mostraram a sua superioridade durante todo o encontro. No terceiro set uma quebra de concentração ainda permitiu que a formação adversária assumisse o comando no marcador, mas as jogadoras de Paulo Rocha não tardaram a corrigir os erros e foi com naturalidade que passaram para a frente no resultado, fechando o jogo com 3-1 (25-13 25-15 e 25-18).

No próximo domingo as juniores B deslocam-se ao reduto do Feirense para cumprir o último jogo desta fase da competição agendado para as 16h00.

O escalão de iniciadas seguiu o exemplo das mais velhas e também somou um triunfo. Depois da vitória esclarecedora (3-1) em Bustos, frente ao Frei Gil, a APROJ realizou o primeiro jogo da época em casa batendo um histórico da modalidade. Com uma excelente entrada, as jovens de S. João da Madeira não deram qualquer hipótese à equipa B do Leixões SC e venceram todos os sets por larga vantagem, somando, assim, o segundo triunfo em duas jornadas.

No próximo dia 29 a APROJ recebe, pelas 15h00, o SC Arcozelo, partida que se espera ser mais difícil que as duas anteriores

Sorte diferente teve o escalão de juvenis na receção ao Arcozelo, que viu a equipa forasteira sair de S. João da Madeira com um triunfo por 0-3. Frente ao primeiro classificado do grupo, um adversário bem mais experiente, só no primeiro set a APROJ conseguiu algum equilíbrio no marcador, fruto de um serviço forte e eficaz nas ações de contra-ataque. Mas uma série de erros técnicos individuais acabaria por permitir que as visitantes fechassem o set com larga vantagem. Os dois sets seguintes foram o reflexo do desnorte e falta de competitividade das locais. Na próxima jornada, a 29 de maio, a APROJ recebe, pelas 17h00, o CD Fiães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...