ASSSC Cantanhede, 63 – AD Sanjoanense, 68

AD Sanjoanense: Ana Reis, Carolina Anacleto, Maria Leite, Bruna Ressurreição, Ana Cavadas, Ivana Barata, Joana Arieiro, Carolina Semedo.

Treinador: Frederic Pina.

ASSSC Cantanhede: Maria Andrade, Maria Almeida, Inês Ramos, Ana Mararo, Maria Cruz, Mariana Melo, Beatriz Fernandes, Matilde Melo, Marta Lucas, Maria Mendes,

Treinador: João Costa.

Parciais: 14-10; 15-17; 12-20, 22-21.

A Sanjoanense venceu na deslocação a Cantanhede e redimiu-se do desaire em casa, no fim de semana anterior, em que perdeu por 59-69 frente ao mesmo adversário.

Entraram melhor as locais, que conseguiram adiantar-se no marcador (12-6), mas no final do primeiro quarto quatro pontos separavam as duas equipas (14-10), com Maria Leite a converter um cesto da linha de lance livre em cima do apito.

As alvinegras melhoraram no segundo período e apesar de dois triplos consecutivos terem permitido ao Cantanhede colocar o marcador nos 24-16, as visitantes estiveram melhor tanto no ataque como na defesa e ao intervalo a vantagem das locais estava reduzida a dois pontos com o resultado nos 29-27.

O terceiro período acabaria por se revelar fundamental para o triunfo da Sanjoanense, que com uma série de lançamentos certeiros da linha de três pontos e um ataque eficaz, entrou no último quarto a vencer por seis pontos (41-47).

No 10 minutos finais as atletas de Frederic Pina mantiveram a postura e foram aumentando a diferença pontual, que chegou a ser de 13 pontos (49-62). Mas na reta final da partida um Cantanhede determinado, conseguiu reduzir a desvantagem sem, no entanto, colocar em causa o triunfo das visitantes, que fecharam a contagem a poucos segundos do fim da linha de lance livre.

Seguem-se dois jogo em casa com a Sanjoanense a receber amanhã o Ginásio Clube de Águeda e no domingo o GD Gafanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...