E por em prática um tarifário social automático da água

 

O Bloco de Esquerda (BE) esteve sábado passado no Bairro do Orreiro, onde lançou duas medidas que visam melhorar as condições e a qualidade de vida das pessoas que vivem em S. João da Madeira.

A primeira medida passa por “aumentar as pessoas abrangidas pelos apoios sociais municipais, passando a vigorar, para acesso a esses apoios, o valor do limiar de pobreza e não o indexante de apoios sociais. Como o limiar de pobreza tem um valor superior (540 euros) do que o IAS (438,81 euros), isso faria com que mais pessoas fossem abrangidas pelos apoios sociais existentes”. Já a segunda tem em vista “implementar um tarifário social automático da água. A medida já é possível, existe legislação que o permite e basta que a Câmara e a Assembleia municipais aprovem a medida. Este tarifário social, que deveria representar um desconto mínimo de 50% na fatura da água, a ser aplicado, abrangeria quase 2.000 famílias em S. João da Madeira”, revela o partido em comunicado enviado ao labor.

Até ao fecho da edição o BE continuou sem revelar quem será a pessoa a liderar a sua candidatura nestas eleições autárquicas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...