DR

Em tempos de indústria 4.0, uma “palestra 4.0”. Américo Azevedo e Elísio da Mota e Silva foram os oradores convidados para a palestra “Porquê Indústria 4.0?” promovida pelo Rotary Club de S. João da Madeira (RCSJM) na passada sexta-feira. Não fossem os dois grandes conhecedores da temática.

No auditório da Sanjotec – Centro Empresarial e Tecnológico, o coordenador do CESE – Centro de Engenharia de Sistemas Empresariais partiu da constatação óbvia de que o mundo está em constante mudança, evoluindo, depois, para um conjunto de conceitos que têm a ver com a forma como o país e as empresas devem encarar essas mudanças, diz nota de imprensa enviada ao labor pelo RCSJM, acrescentando que “conceitos como a volatilidade, a incerteza, a complexidade e a ambiguidade subjazem hoje toda a vida económica”.

Seguidamente, Américo Azevedo centrou-se no conteúdo e na história do conceito “indústria 4.0”, originário da Alemanha, que representa a quarta revolução industrial, aquela a que chamamos a da “internet das coisas”, ou seja, aquela em que todos os dispositivos estão ligados entre si e em que é possível proceder a um sem-número de operações através de uma racional utilização dos dados disponíveis.

Nesse quadro evolutivo, o engenheiro deu particular destaque à “robótica colaborativa”, em que o robot interage com o homem, já não numa perspetiva de exaustiva repetição de operações, mas de capacidade de opção do robot na interação com o homem, em função de situações concretas.

Portugal será o País-Parceiro da Hannover Messe 2022

Já o diretor da DUAL, Departamento de Qualificação Profissional da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Alemã, centrou a sua intervenção em dois diferentes aspetos. Por um lado, na necessidade de aproveitar a multidisciplinaridade dos recursos humanos existentes ou a recrutar pelas empresas. Por outro, na forma como se aborda a questão dos dados: “Onde estão os dados? O que estamos a fazer com eles? O que estão os outros a fazer com eles?”.

Elísio da Mota e Silva referiu, ainda, a importância de Portugal ser o País-Parceiro da Hannover Messe 2022, considerada a principal feira do mundo para a tecnologia industrial e precisamente aquela onde nasceu a “indústria 4.0”. A próxima Hannover Messe realiza-se de 25 a 29 de abril de 2022, na cidade de Hannover, na Alemanha.

Coube a José Rocha encerrar a sessão. Na ocasião, o presidente do clube de serviço sanjoanense, além de entregar uma lembrança aos palestrantes, realçou a colaboração da câmara municipal e da Sanjotec na cedência daquele espaço.

Do lado do público, estiveram presentes rotários, empresários e a vereadora Paula Gaio, esta última em representação do Município.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...