Na Sessão Nacional do Ensino Básico do Parlamento dos Jovens que decorreu na Sala das Sessões da Assembleia da República (AR) no passado dia 15 de junho, Maria Eduarda Oliveira, aluna do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite (AESL), esteve em destaque. Não tivesse ocupado o lugar de secretária da Mesa da Presidência da Sessão Nacional.

À semelhança de anos transatos, este agrupamento escolar de S. João da Madeira voltou a alcançar o direito de representar o círculo eleitoral de Aveiro, conforme recorda comunicado remetido pelo gabinete de comunicação do AESL ao labor, dando nota ainda que, atendendo a este ano atípico devido à pandemia, tanto os deputados como o jornalista se mantiveram na capital do distrito.

Mas voltando a Lisboa e à AR, a missão parlamentar foi assumida por uma “comitiva de excelência” composta então pela sanjoanense Maria Eduarda Oliveira (Aveiro), por Sebastião Silva (Açores), David Gomes (Leiria) e Mafalda Candal (Porto).

132 Jovens deputados, 12 questões e 30 medidas  

As diferentes delegações do Continente, das Regiões Autónomas, da Europa e Fora da Europa, num total de 132 deputados, marcaram presença já com a certeza de um dever inicial cumprido, nas semanas anteriores: a escolha das 12 questões a levar ao Plenário e das 30 melhores medidas que tinham, previamente, sobressaído de entre todos os Projetos de Recomendação.

O dia de trabalhos parlamentares teve início com a abertura solene do Plenário, por parte do vice-presidente da Assembleia da República, José Manuel Pureza, do secretário de Estado Adjunto e da Educação, João Costa, e do presidente da Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto, Firmino Marques, este último por videoconferência.

Posto isso, a Mesa apelou à participação dos deputados à Assembleia da República em representação de todos os grupos parlamentares, de forma a que respondessem às questões eleitas, versando os mais distintos temas: Joana Sá Pereira (PS), Alexandre Poço (PSD), Isabel Pires (BE), Alma Rivera (PCP), Ana Rita Bessa (CDS-PP), Bebiana Cunha (PAN), Mariana Silva (PEV) e João Cotrim Figueiredo (IL).

Seguiram-se o Debate da Recomendação à Assembleia da República em torno do tema desta edição “Violência doméstica e no namoro” e, depois, o almoço. Entretanto, retomaram-se os trabalhos inerentes à sessão plenária, cumprindo-se as duas rondas delineadas. A batalha parlamentar teve o seu desfecho, com o discurso de encerramento, por parte da coordenadora do Grupo de Trabalho do Parlamento dos Jovens, a deputada Maria Begonha, refere a nota informativa, salientando ainda o cântico do Hino Nacional, ao som da Orquestra da Academia de Música de Costa Cabral, do Porto, que encerrou com chave de ouro esta jornada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...