HC Paço de Rei, 4 – AD Sanjoanense B, 8

Jogo no Pavilhão do HC Paço de Rei, em Vila Nova de Gaia.

Árbitro: Fernando Teixeira (AP Porto).

HC Paço de Rei: Bruno Zenha, Fábio Santos, Cristiano Sales, Luís Fernandes, Pedro Teixeira.

Suplentes: José Pereira, Hélio Moreira, Tiago Barbosa, Ricardo Sá, Carlos Mata.

Treinador: Mário Mata.

AD Sanjoanense B: Marcelo Silva, Luís Filipe, Duarte Terra, Tiago Gaspar, Gonçalo Ribeiro.

Suplentes: André Couto, Bruno Brandão, Bernardo Pereira, Daniel Pires, Alexandre Barreira.

Treinador: Franklin Silva.

Ao intervalo: 2-4.

Marcadores: Pedro Teixeira (1’), Luís Filipe (2’, 6’), Gonçalo Ribeiro (7’, 8’), Fábio Santos (7’), Tiago Gaspar (31’, 48’), Bernardo Pereira (34’), Duarte Terra (36’), Carlos Mata (40’, 44’).

Cartão azul para Bernardo Pereira (23’).

Faltas: HC Paço de Rei, 7 | AD Sanjoanense B, 10.

Depois da vitória do dia anterior (26 de junho), frente a um adversário direto, a Sanjoanense voltou a somar mais três pontos com a deslocação a Vila Nova de Gaia, resultado que empurrou os alvinegros para a liderança da classificação.

Não se esperavam grandes dificuldades frente a um adversário que soma apenas cinco pontos e conta com uma vitória em 15 jogos cumpridos, mas até foram os locais que entraram melhor no encontro, inaugurando o marcador praticamente no arranque da partida. A resposta dos homens de Franklin Silva não podia ter sido melhor e aos oito minutos já venciam por 2-4, com Luís Filipe e Gonçalo Ribeiro a bisarem no encontro. O resultado acabaria por se manter inalterado até ao intervalo, mas o Paço de Rei teve duas ocasiões de bola parada para marcar. Se aos 10 minutos Pedro Teixeira não conseguiu bater Marcelo Silva de grande penalidade, aos 23 foi Fábio Santos que não aproveitou um livre resultado do cartão azul mostrado a Bernardo Pereira.

Na segunda parte a Sanjoanense teve uma entrada fulgurante e com 11 minutos já tinha colocado o marcador nos 2-7, diferença que Carlos Mata reduziu ao bisar na partida (4-7), pouco depois de Tiago Barbosa e Duarte Terra terem falhado a conversão de um penálti.

A dois minutos do fim Tiago Gaspar fechava a contagem com o oitavo da Sanjoanense para ver, logo de seguida, Fábio Santos desperdiçar mais um livre direto, resultado da décima falta dos alvinegros.

No próximo fim de semana a Sanjoanense tem mais uma jornada dupla com a receção à Juventude Ouriense, no sábado, e a deslocação a Gulpilhares, no domingo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...