AD Sanjoanense B, 8 – Juventude Ouriense, 1

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitro: Sérgio Paulo Silva (AP Aveiro).

AD Sanjoanense B: Marcelo Silva, Luís Filipe, Duarte Terra, Tiago Gaspar, Gonçalo Ribeiro.

Suplentes: André Couto, Bruno Brandão, Bernardo Pereira, Daniel Pires, Alexandre Barreira.

Treinador: Franklin Silva.

Juventude Ouriense: José Pedro Pereira, David Domingues, José Pereira, Tiago Godinho, Carlos Fonseca.

Suplentes: Ricardo Relvas, Carlos Clemente, António Brito, Diogo Bernardes.

Treinador: Jorge Godinho.

Ao intervalo: 2-1.

Cartão azul: Tiago Godinho (42’).

Marcadores: Carlos Fonseca (7’), Tiago Gaspar (9’), Luís Filipe (23’, 40’), Duarte Terra (30’, 33’), Alexandre Barreira (39’), Bernardo Pereira (40’), Bruno Brandão (47’).

Faltas: AD Sanjoanense B, 7 | Juventude Ouriense, 5.

A Sanjoanense somou mais uma vitória, desta feita com a receção à formação da Juventude Ouriense, num jogo dominado praticamente na totalidade pelos homens de S. João da Madeira que, no entanto, começaram em desvantagem e só na segunda parte dispararam no marcador.

Num encontro que contou com o regresso de público às bancadas, foram os visitantes que se colocaram em vantagem quando aos sete minutos Carlos Fonseca bateu Marcelo Silva na conversão de uma grande penalidade. A resposta dos locais surgia dois minutos depois com Tiago Gaspar a restabelecer a igualdade (1-1), mas a desperdiçar, pouco depois, um penálti que podia ter colocado a Sanjoanense na liderança.

O empate acabaria por persistir praticamente até ao intervalo, altura em que Luís Filipe apontou o segundo dos alvinegros e começava a “construir” a goleada dos homens de Franklin Silva, que ficou praticamente definida nos 15 minutos iniciais da segunda parte.

No regresso dos balneários Duarte Terra colocou o marcador nos 4-1 (5’ e 8’), enquanto à passagem do quarto de hora Alexandre Barreira, Bernardo Pereira e Luís Filipe ampliaram a vantagem para os seis golos (7-1).

José Pedro Pereira ainda defendeu um remate de Bernardo Pereira na cobrança de um livre, resultado de um cartão azul mostrado a Tiago Godinho, mas a três minutos do fim o guardião visitante não conseguiu evitar o golo de Bruno Brandão, que fechou a contagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...