Intervenção custa cerca de 50 mil euros

Trata-se de “um problema que tem muitos, muitos, muitos anos e que nós decidimos atacá-lo de frente”, deixou claro Jorge Sequeira em sede de executivo municipal.
Em cima da mesa, na última reunião de câmara, estavam os apoios aos campos de férias e atividades de verão promovidos por algumas instituições da cidade quando as obras atualmente em curso nas piscinas exteriores do Município “vieram à tona” pela voz de Paulo Cavaleiro. Segundo o vereador da coligação PSD/CDS-PP, este não é o melhor “timing” para a sua execução. Em seu entender, “abrir o espaço e ter obras ao mesmo tempo é uma coisa um bocadinho para o esquisito”, para além de ser “preocupante”. Paulo Cavaleiro também é de opinião – e partilhou-a – que nada disto seria agora necessário se a construção das novas piscinas tivesse ido avante.
O autarca não demorou muito a contrariar o elemento da oposição, dizendo que não só “estas obras fazem todo o sentido”, como também “são fundamentais”. Jorge Sequeira assegurou ainda que os trabalhos “não vão interferir com a utilização da piscina afeta aos campos de férias”.

Autarquia prevê concluir obra “ainda este verão” 

Depois de a edilidade decidir pôr fim a este “problema com um histórico de décadas”, “seguiram-se as diligências necessárias, com bastante complexidade, envolvendo uma série de pesquisas e de ensaios, que passaram, por exemplo, por equipas de mergulhadores a inspecionar fugas no tanque e inspeções vídeo a todo o sistema de
tubagens”.
Segundo informações recolhidas pelo labor à margem da reunião, as ditas “inspeções” resultaram na deteção de roturas e respetiva identificação dos locais das mesmas, que, pela sua dimensão, se concluiu poderem estar na origem do volume de água, habitualmente, perdida pelo tanque olímpico das piscinas exteriores do Complexo Desportivo Paulo Pinto.
De acordo com o gabinete de comunicação do Município, “a atual intervenção [iniciada em abril deste ano e que custa cerca de 50 mil euros] pretende reparar estas roturas e, ao mesmo tempo, criar infraestruturas de melhor acesso para inspeção e manutenção deste equipamento no futuro”. Prevê-se que esteja concluída “ainda este verão”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...