AD Sanjoanense B, 4 – Marítimo SC Açores, 4

Jogo no Pavilhão Municipal do Luso, na Mealhada.

Árbitros: Teófilo Casimiro (AP Ribatejo) e João Catrapona (AP Alentejo).

AD Sanjoanense B: Marcelo Silva, Luís Filipe, Duarte Terra, Tiago Gaspar, Gonçalo Ribeiro.

Suplentes: André Couto, Bruno Brandão, Bernardo pereira, Daniel Pires, Alexandre Barreira.

Treinador: Franklin Silva.

Marítimo SC Açores: Nuno Teixeira, Tiago Botelho, Júlio Soares, Pedro Soares, Bruno Botelho.

Suplentes: Nuno Resende, Paulo Dias, Miguel Áspera, Fábio Larsen.

Treinador: Júlio Soares.

Ao intervalo: 2-1.

Cartão azul para Bruno Botelho (13’ e 38’), Paulo Dias (17’).

Marcadores: Duarte Terra (6’, 17’), Pedro Soares (15’, 38’, 42’), Tiago Gaspar (36’, 43’), Júlio Soares (47’).

Faltas: AD Sanjoanense B, 6 | Marítimo SC Açores, 14.

Os resultados da jornadas anteriores deixavam a Sanjoanense a um empate da subida de divisão, mas o conjunto de S. João da Madeira entrou no jogo com o Marítimo SC Açores focado na vitória e começou cedo a tentar alcançar o triunfo. Com seis minutos Duarte Terra colocava os alvinegros no caminho finalizando uma assistência de Tiago Gaspar.

Consistente na defesa e organizada no ataque, a melhores ocasiões continuaram a pertencer à formação de S. João da Madeira, que aos 13 minutos podia ter ampliado a vantagem, não fosse Tiago Gaspar falhar a conversão de um livre resultado do cartão azul mostrado a Bruno Botelho. A resposta da equipa açoriana não tardou, com Pedro Soares, de grande penalidade, a restabelecer a igualdade (1-1), resultado que acabaria desfeito pouco depois com Duarte Terra, a aproveitar também um penálti para voltar a colocar os alvinegros na liderança, vantagem que manteriam até ao intervalo.

No início da segunda parte Pedro Soares, isolado, teve uma excelente ocasião para restabelecer a igualdade, mas seriam os alvinegros a chegarem ao golo (3-1), aos 11 minutos, por intermédio de Tiago Gaspar, já depois de Alexandre Barreira desperdiçar um livre direto e de Tiago Botelho enviar uma bola ao ferro.

A partida parecia bem encaminhada para os homens de Franklin Silva, mas Júlio Soares solicitou um “time-out” e a equipa açoriana reagiu. Aos 13 minutos Pedro Soares reduzia a diferença numa altura em que o Marítimo SC Açores jogava em inferioridade numérica depois do azul mostrado a Bruno Botelho e que resultou num livre que Luís Filipe não conseguiu converter. Momentos depois Pedro Soares empata o encontro com o terceiro da equipa e da sua conta pessoal. No minuto seguinte Tiago Gaspar, a passe de Duarte Terra, voltou a colocar a Sanjoanense na liderança com um remate de primeira, mas Júlio Soares acabaria por restabelecer a igualdade a quatro bolas que se manteria até ao fim.

O empate chegava para os alvinegros subirem de divisão, que acabaram por fazer a festa no Luso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...