Já a partir do próximo ano a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira (AHBVSJM) vai passar a contar com duas equipas de intervenção permanente (EIP). À Equipa Permanente, suportada na totalidade pela própria associação, e à EIP paga a meias pelo Município e pelo Estado, que já existem, vai juntar-se uma outra EIP, cujos salários e encargos com os elementos serão também assegurados pela autarquia e pelo Estado.

No passado dia 31 de agosto, a câmara aprovou por unanimidade a minuta do protocolo estabelecido entre a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, a edilidade e a AHBVSJM que regula as condições de contratação, funcionamento e manutenção (pela associação humanitária) de elementos que integrarão a EIP. Além disso, e na sequência do dito protocolo, deliberou que se reveja o contrato programa existente entre o Município e a AHBVSJM e que se preveja esta nova despesa no exercício de 2022.

Obrigado pelo seu interesse no trabalho dos nossos profissionais. Poderá ter acesso à versão integral deste artigo na edição impressa ou no formato digital. Assine o labor aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...