O Álbum a Preto e Branco

0
23

Abre-se um leve sorriso fora do tempo no cair da tarde de um dia sem nome entre as folhas amarelecidas
de um velho álbum a preto e branco. De retrato em retrato

na brancura do vestido
na grinalda de um véu
nos bagos de arroz
nas pétalas das rosas esquecidas renasce um caudal de sonhos por entre as folhas amarelecidas. No álbum a preto e branco

caem lágrimas perdidas
e na memória longínqua só resta o sonho esquecido da cor de tantas vidas.

23 de agosto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...