AD Sanjoanense, 3 – SC Maranhense, 2

Jogo no Pavilhão da AD Sanjoanense.

Árbitros: António Santos e Carlos Duarte.

AD Sanjoanense: Marco Lopes, Rafael Lourenço, José Gonçalves, João Pereira, Pedro Moreira, Luís Ferreira, Pedro Cerqueira, Tiago Almeida, João Ramalho, Tiago Freitas.

Treinador: Vítor Pereira.

SC Marinhense: Albert Mola, Rodrigo Santos, Angel Vera, Nicolás Carmona, Tomas Korosec, Matias Arnaéz, Xavier Pinho, Paulo Passos, Luís Silva.

Treinador: Nuno Domingues.

Ao intervalo: 2-0.

Marcadores: João Pereira (10’ e 21’), João Ramalho (45’), Matias Arnaéz (26’ e 48’).

A Sanjoanense venceu o segundo teste de preparação para a época 2021/2022. Depois do empate (4-4), no Luso, frente à Seleção Nacional de sub19, a equipa alvinegra recebeu e bateu (3-2), no passado dia 27 de agosto, a formação do Marinhense.

Com uma boa exibição, deixando excelentes indícios para a nova temporada, foi o conjunto orientado por Vítor Pereira que começou por criar perigo quando aos cinco minutos a intervenção do Albert Mola foi crucial para anular a ameaça de Tiago Almeida.

A resposta dos visitantes não tardou, mas Marco Lopes mostrou-se seguro e atento entre os postes impedindo o remate de Luís Silva. A reação do guardião alvinegro permitiu o contra-ataque rápido dos locais, com Tiago Almeida a assistir João Ramalho, que na altura do remate atirou à figura de Albert Mola.

Nicolás Carmona ainda voltou a testar a atenção de Marco Lopes, mas foi João Pereira que aos 10 minutos inaugurou o marcador, momentos depois de Pedro Cerqueira enviar uma bola ao ferro.

A Sanjoanense manteve-se por cima do jogo e a quatro minutos do intervalo aumenta a vantagem, com João Pereira a bisar na partida ao desviar para o fundo das redes uma assistência de Tiago Almeida.

O Marinhense podia ter reduzido antes do descanso, mas Rodrigo Santos, isolado, viu confirmada a excelente forma de Marco Lopes na altura do remate.

Os visitantes reduziram logo no arranque da segunda parte por intermédio de Matias Arnaéz, mas o golo não abalou os homens de Vítor Pereira, que por várias vezes estiveram perto de marcar. Com duas bolas ao ferro, uma por Rafael Lourenço e outra por João Pereira, o terceiro dos alvinegros acabaria por surgir a cinco minutos do fim por João Ramalho, numa altura em que a Sanjoanense era a melhor equipa dentro das quatro linhas.

Contudo, o Marinhense não desistiu e a um minuto e meio do fim encerrou a contagem (3-2) com Matias Arnaéz a bisar na partida.

Entretanto, a Sanjoanense recebeu ontem o FC Porto para mais um teste de pré-época, jogo que também serviu para apresentação da equipa sénior e dos escalões de formação aos associados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...