“O país do solidó”, de J. Rentes de Carvalho

DR

São histórias reais de gente inventada e histórias inventadas de gente real, mulheres destemidas e homens combativos, mas também capazes de momentos desprezíveis e de atitudes medrosas. Corajosos e malandros, mentirosos, que fazem pela vida. Gente de carne e osso que aprendeu a desconfiar e a sobreviver num “país do solidó”, sempre com aquela musiquinha em fundo, atrevida e monótona, divertida e medíocre.

No “país do solidó”, estes retratos são instantâneos das vidas verdadeiras que não aparecem nos jornais nem na sociologia universitária, mas frequentam as redes sociais e as igrejas que ainda restam.

Entre o conto e a crónica, trocando os nomes e avariando as grandes teorias sobre o funcionamento da pátria, J. Rentes de Carvalho não dá explicações sobre um mundo que não quer ser explicado, mas observa-o com humor, cumplicidade, atrevimento, uma compreensão que não pede distância, mas proximidade.

São personagens que não receberão medalhas no Dia de Portugal; mas compõem um dos melhores retratos de todos nós.

https://www.wook.pt/livro/o-pais-do-solido-jose-rentes-de-carvalho/24654681?a_aid=5fd7b0d10f7fa

 

“Salazar: o ditador que se recusa a morrer”, de Tom Gallagher

DR

Mais de 50 anos depois da sua morte, Salazar continua a ser uma figura controversa e enigmática, cujo legado conservador e autoritário divide as opiniões.

Alguns consideram-no uma figura opressiva e reacionária que manteve Portugal atrasado, enquanto outros realçam a sua honestidade, patriotismo e sentido de dever.

Esta biografia assinala os altos e baixos do regime de Salazar, desde o resgate das finanças públicas e da neutralidade portuguesa na II Guerra Mundial, até à manutenção de uma polícia de Estado enquanto resistia aos ventos de mudança que sopravam de África. Explora a longa suspeição e conflito de Salazar com os Estados Unidos da América e como ele manteve Hitler e Mussolini à distância, tendo persuadido Franco a não entrar na guerra ao lado deles.

Em “Salazar – o ditador que se recusa a morrer”, o historiador britânico Tom Gallagher propõe-nos um novo balanço histórico de um líder complexo que merece ser conhecido.

https://www.wook.pt/livro/salazar-tom-gallagher/24737746?a_aid=5fd7b0d10f7fa

 

“Teodora e o mistério dos cachapins”, de Cristina Taquelim e ilustração de Mafalda Milhões

DR

Alguns dos melhores autores e ilustradores nacionais unem-se na coleção “O meu planeta” com uma missão comum: ajudar a criar consciência ambiental nos mais novos.

Teodora é uma menina com muitas perguntas a bailar-lhe na cabeça enquanto se espanta com as maravilhas deste mundo: “Como aprenderam os cachapins a adivinhar a chuva? A desenhar os seus voos? Onde aprenderam o redondo dos ovos?”

Uma história cheia de poesia que nos lembra de admirar o esforço de quem, com generosidade, cuida dos seres que cuidam de nós.

https://www.wook.pt/livro/teodora-e-o-misterio-dos-cachapins-cristina-taquelim/24678626?a_aid=5fd7b0d10f7fa

 

Nota: estes livros estão disponíveis na Biblioteca Municipal Dr. Renato Araújo (BMRA) e podem ser requisitados por email (bibliotecamunicipal@cm-sjm.pt), telefone (256200890/962146410) ou através da página da BMRA
na internet em http://sjmadeira.bibliopolis.info/#Catalogo

http://bibliotecasjmadeira.blogspot.com/

https://www.facebook.com/biblioteca.sjm

https://www.instagram.com/biblioteca.saojoaodamadeira/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...