AD Sanjoanense, 21 – Póvoa AC, 22

Jogo no Pavilhão das Travessas.

Árbitros: Alberto Alves e César Carvalho.

AD Sanjoanense: Lucas Santana (1), Jackson Souza (4), Bernardo Morais (0), Francisco Silva (4), Leonardo Silveira (1), Nuno Queirós (2), Gonçalo Fernandes, Guilherme Novo (1), Francisco Fontes, Bruno Castro (2), Matheus Pereira, João Henriques, Jefferson Bastos, João Lima (1), Ricardo Pinho (3), Cleryston Novais (2).

Treinador: João Varejão.

CD Póvoa: Humberto Gomes, Mário Silva (2), Rui Ferreira, Álvaro Rodrigues (1), Lourenço Santos (1), Carlos Moreira, Pedro Cruz (1), Rafael Andrade (2), João Santos (1), Pedro Pires, Rares Fodorean (6), Alan Silva (3), António Ventura (1), Tiago Teixeira, Manuel Lima (4).

Treinador: Jorge Carvalho.

Ao intervalo: 12-11.

Uma semana depois de garantir a manutenção na 1.ª Divisão, a Sanjoanense perdeu pela margem mínima frente ao Póvoa na jornada inaugural do campeonato, mas o desfecho bem podia ser outro. A formação visitante, que terminou a temporada anterior num confortável sétimo lugar, esteve quase sempre em desvantagem e só nos 10 minutos finais do encontro conseguiu assumir a liderança num jogo intenso e com a incerteza no resultado a manter-se até ao fim.

Num jogo equilibrado e com os guarda-redes em destaque, um Lucas Santana inspirado contribuiu para que a Sanjoanense assumisse o comando do marcador nos momentos iniciais e assim se mantivesse até ao intervalo. O Póvoa ainda chegou à liderança (6-7) perto dos 20 minutos e por algumas vezes igualou a partida, mas nunca conseguiu inverter a tendência do marcador, com os alvinegros quase sempre na frente, ainda que com uma vantagem escassa de apenas um ou dois golos.

Do lado contrário, Humberto Gomes também se revelava uma dor de cabeça para os homens de João Varejão, que apesar de encontrarem algumas dificuldades para penetrar a defesa poveira chegavam ao intervalo a vencer por 12-11.

A segunda parte começou como a primeira terminou. A Sanjoanense foi mantendo a liderança até aos 10 minutos finais, altura em que a capacidade de remate da primeira linha do Póvoa permitiu aos homens de João Carvalho passar para a frente, chegando aos três golos de vantagem (18-21).

Com o encontro a caminhar para o fim os momentos finais foram frenéticos, com o público a responder à intensidade do jogo e os homens da casa a retribuírem com três golos que permitiram chegar à igualdade (21-21). Com pouco mais de um minuto para jogar os poveiros apontaram o golo da vitória perante uma Sanjoanense que lutou pela igualdade até ao último segundo.

Na próxima jornada, agendada para 25 de setembro, os alvinegros deslocam-se a Guimarães para defrontar o Xico Andebol.

João Varejão, treinador da Sanjoanense

“Assim não temos vergonha de perder”

Apesar da excelente exibição o resultado não foi o desejado e João Varejão reconhece isso mesmo. No entanto, o técnico alvinegro garante estar “orgulhoso” pelo trabalho da Sanjoanense, que “esteve em jogo até ao último segundo e com possibilidade de, pelo menos, empatar”. “Era a entrada que queríamos e que merecíamos e por isso estou orgulhoso dos meus jogadores. Assim não temos vergonha de perder”, frisou o treinador, relembrando que foi um jogo contra o sétimo classificado da época passada, equipa que manteve grande parte da estrutura da época passada. “O Póvoa soube gerir a qualidade dos seus jogadores, tal como nós, mas em determinados momentos veio ao de cima a capacidade de remate de primeira linha do Póvoa, que fez golos em situações que para nós ainda são difíceis. À parte disso, a minha equipa esteve quase perfeita. Estou triste pelo resultado, mas orgulhoso pelo que a equipa fez. A jogar assim tenho a certeza que vamos ser bem sucedidos”, referiu João Varejão, que antevê uma “luta gigantesca” no próximo fim de semana com o Xico Andebol. “Será um jogo num pavilhão extremamente difícil e contra uma equipa que nunca vira a cara à luta. Estão como nós, querem lutar por todos os pontos”, concluiu o técnico.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...