O Centro Hospitalar de Entre o Douro e Vouga (CHEDV) iniciou a empreitada de requalificação das fachadas exteriores do Hospital de S. Sebastião.

O Programa de Eficiência Energética, onde está inserida esta empreitada, conta com um investimento de 2,6 milhões de euros, com parte do valor financiado pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Com um prazo de execução previsto de 12 meses, a obra será executada por fases de forma a minimizar o impacto junto dos utentes e dos profissionais de saúde.

Além das melhorias no isolamento das fachadas e cobertura do edifício, o programa prevê o aproveitamento de energia solar fotovoltaica para autoconsumo e a substituição de luminárias com a nova tecnologia LED.

Depois da construção do hospital, este é o maior investimento realizado na instituição

De acordo com o comunicado enviado pelo CHEDV ao labor, depois da construção do Hospital de S. Sebastião, no final dos anos 90, este é o maior investimento realizado na instituição.

Para Miguel Paiva este “é um projecto fundamental para a modernização do hospital e para conseguirmos a redução de consumos, seja pela adoção de tecnologias mais modernas e menos poluentes, seja pela redução dos desperdícios”. “Sendo a infraestrutura hospitalar uma das que mais energia consome, não só pelo seu funcionamento ininterrupto, mas também pela natureza dos equipamentos pesados de que dispõe, é muito importante que consigamos estes ganhos de eficiência, reduzindo a despesa de eletricidade da instituição e, indiretamente, contribuindo para um menor consumo de recursos do nosso planeta”, considerou presidente do Conselho de Administração do centro hospitalar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Loading Facebook Comments ...